Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Udemy
Imagem de: Flutter: como criar apps nativos para Android e iOS
Avatar do autor

Por Eduardo Harada

3 min de leitura
Patrocinado

Flutter: como criar apps nativos para Android e iOS

No universo do desenvolvimento de aplicativos móveis, uma das maiores dificuldades sempre foi criar apps multiplataforma que rodassem nas duas principais plataformas mobile atuais: Android e iOS. Os obstáculos são variados, desde a performance até o custo de criar e manter os apps para cada sistema; porém, parece que uma solução realmente eficiente está começando a surgir.

Estamos falando do Flutter, um framework desenvolvido pela Google com base na linguagem Dart (também criada pela empresa). O objetivo desse SDK é oferecer uma solução para a criação de apps multiplataforma, atendendo não somente a dispositivos móveis mas também à web e em breve ao ambiente desktop.

Neste artigo, explicaremos exatamente o que é o Flutter e daremos algumas dicas para aqueles que estão buscando uma forma de aprendê-lo.

O que é o Flutter?

O Flutter nada mais é do que um framework que funciona como um template para o desenvolvedor, oferecendo uma série de funções úteis e práticas que podem ser usadas nos códigos do programa. É como se fosse uma estrutura base do software, auxiliando um gerenciamento ágil dos projetos.

Flutter

Também podemos entender o Flutter como um SDK (kit de desenvolvimento de software), por oferecer as ferramentas que facilitam a criação dos aplicativos. Esse framework é escrito em Dart, uma linguagem de programação fortemente tipificada e orientada a objetivos, bastante semelhante a linguagens como Swift, C#, Java e JavaScript.

Características do Flutter

De acordo com a própria Google, o Flutter foi criado para melhorar a qualidade dos aplicativos e aumentar a velocidade do seu desenvolvimento. Dessa forma, é possível alcançar mais usuários com uma mesma solução, sem precisar arcar com os custos da criação de duas versões de um mesmo app.

Além disso, o Flutter facilita a elaboração de aplicativos bonitos. Conferindo liberdade aos designers, que geralmente esbarram em limitações técnicas, esse framework possibilita a modificação de cada pixel da tela. É claro que a beleza de um app depende da criatividade do criador, mas o Flutter não impõe barreiras a esse desenvolvimento.

Flutter

Diferentemente de outras soluções, o Flutter gera códigos verdadeiramente nativos tanto para o Android quanto para o iOS, o que confere maior fluidez e velocidade na execução dos aplicativos. O Flutter não utiliza componentes nativos por meio de uma “ponte” (como o React Native) nem é executado em uma WebView (como no caso do Ionic).

Por fim, vale ressaltar que o Flutter é livre, com código fonte aberto. O projeto open source está sob a licença BSD-style, o que inclui a contribuição de milhares de desenvolvedores ao redor do globo. É possível encontrar o projeto do Flutter no GitHub e contribuir para o seu desenvolvimento.

Quer aprender Flutter?

Se você se interessou em aprender mais sobre o Flutter, pode estar se perguntando como pode começar a fazer isso. Em mais uma parceria com o TecMundo, a Udemy, maior plataforma de cursos online do mundo, oferece algumas alternativas para os interessados, com vários cursos distintos e complementares sobre Flutter. Todas as opções estão com descontos promocionais por tempo limitado, portanto não perca tempo e aproveite. Confira as ofertas relacionadas ao aprendizado do Flutter.

Criação de Apps Android e iOS com Flutter — Crie 16 apps

Desenvolvimento Android e iOS com Flutter — Crie 12 apps

Flutter Essencial

Flutter — Aprendendo tudo sobre Design

Flutter — Conhecendo o SDK mobile da Google

Conheça a Udemy hoje mesmo

Caso ainda não conheça a Udemy, você não sabe o que está perdendo, afinal estamos falando da maior plataforma de cursos online do mundo. Um dos seus maiores benefícios é exatamente a garantia de satisfação. Se o aluno não estiver contente com o conteúdo do curso adquirido, pode pedir o reembolso em até 30 dias após o pagamento e início das aulas e receber o dinheiro de volta.

Flutter

Vale destacar que o pagamento pelo conteúdo é feito uma única vez e dá acesso vitalício às aulas, sem assinatura ou qualquer outra cobrança adicional. Além disso, se o investimento em cursos for superior a R$ 50, é possível parcelar a compra em até 3 vezes no cartão de crédito (ou em 6 vezes para compras a partir de R$ 100).

Todos os cursos pagos da Udemy incluem certificado de conclusão, comprovando que o conteúdo das aulas foi assistido. Como estamos falando de cursos online, você pode estudar em qualquer horário e ainda usar os aplicativos da plataforma disponíveis para Android e iOS. É possível até mesmo baixar as videoaulas para assistir em locais sem conexão com a internet.

Se você ficou interessado, confira os milhares de cursos disponíveis na Udemy para você dar um up na sua carreira!

Categorias

Software Desenvolvimento Programação Android iOS Udemy

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Flutter: como criar apps nativos para Android e iOS