Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

AMD anuncia Ryzen 4000 Pro para o mercado corporativo

2 min de leitura
Imagem de: AMD anuncia Ryzen 4000 Pro para o mercado corporativo
Avatar do autor

Por Igor Almenara Carneiro

via nexperts

A AMD anunciou os Ryzen 4000 Pro, sua nova linha de CPUs para notebooks de uso profissional. Com segurança aprimorada e consumo de energia mais refinado do que nunca, a AMD competirá diretamente com a linha Intel vPro.

A série Ryzen 4000 Pro inclui três diferentes chips: o Ryzen 3 Pro 4450U; Ryzen 5 Pro 4650U e o Ryzen 7 Pro 4750U. Eles marcam a chegada da Zen 2 (7 nm) aos processadores com foco profissional, destacando-os pela eficiência energética e quantidade significativa de núcleos e threads.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Entretanto, distanciando-se dos números, a AMD ressalta a segurança dos Ryzen 4000 Pro. Os processadores apresentam AMD Secure Processor, seção exclusiva da marca, dedicada a proteger o hardware de ataques no nível do Kernel — se aproveitando de uma tecnologia introduzida pela Microsoft. Além desse mecanismo, a AMD incluiu um método de criptografia de dados, evitando que dados pessoais sejam acessados até em casos de roubo.

a  AMD/Divulgação 

Poderosos números

Partindo para o poder bruto do CPU, temos números promissores nos Ryzen 4000 Pro. Para começar, o topo de linha chega com 8 núcleos e 16 threads; indo de 1.7 GHz até 4.1 GHz; cache de 12 MB e TDP de 15 W. Surpreendentemente, o Ryzen 7 Pro 4750U dobra todos os números do melhor modelo da geração passada, o AMD Ryzen 7 Pro 3700U.

Aprimoramento semelhante acontece no intermediário da geração, o AMD Ryzen 5 Pro 4650U. O modelo chega com 6 núcleos, 12 threads; 2.1 GHz até 4.0 GHz; 11 MB de cache e 15 W. Quando comparado ao seu equivalente da geração anterior, o Ryzen 5 4650U introduz dois novos núcleos e aumento na frequência máxima — tudo pelo mesmo consumo energético.

A menor das atualizações está no CPU mais barato, o AMD Ryzen 3 Pro 4450U. Ele é constituído por 4 núcleos, 8 threads; 2.5 GHz até 3.7 GHz de frequência; 6 MB de cache e 15 W. Nesse caso, o upgrade se restringe a aplicação de Simultaneous Multi-Threading (SMT), que divide núcleos físicos em threads — semelhante ao Hyper Threading da Intel — e a um ligeiro aumento na frequência máxima.

a.b  AMD/Divulgação

Ótima performance, baixo consumo

A AMD acredita que todos os produtos da geração entregam alta produtividade e ganhos notáveis em performance. Em todos os casos, o aumento no número de núcleos e núcleos virtuais — assim como na quantidade de memória cache — prometem um grande salto em performance em ciclos de trabalho com uso otimizado de núcleos.

Além disso, a AMD estima que o Ryzen 7 Pro 4750U é capaz de entregar até 20 horas de bateria (desconsiderando outros detalhes). Já quando comparado com concorrentes, o Ryzen 5 Pro 4650U é supera ou se equipara com o Intel Core i7-10510U, um dos topos de linha com maior eficiência energética da marca, colocando-os em boa posição no mercado.

Cupons de desconto TecMundo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Categorias


Comentários

Conteúdo disponível somente online
AMD anuncia Ryzen 4000 Pro para o mercado corporativo