Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Imagem de: Microsoft descontinua Wunderlist, e criador quer app de volta
Avatar do autor

Por Mateus Mognon

via nexperts

1 min de leitura

Microsoft descontinua Wunderlist, e criador quer app de volta

A Microsoft anunciou recentemente que vai descontinuar o aplicativo de tarefas Wunderlist, e o dono original do aplicativo, Christian Reber, disse que pretende adquirir a plataforma de volta. A gigante de Redmond é dona do app desde 2015, quando realizou uma aquisição avaliada entre US$ 100 milhões e US$ 200 milhões.

Em seu perfil no Twitter, Reber disse que está "falando sério" e pede para Satya Nadella deixá-lo comprar a plataforma de volta. "Ainda estou triste porque a Microsoft vai encerrar o Wunderlist, mesmo com as pessoas gostando e usando o app".

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A empresa vai dar fim ao Wunderlist porque o aplicativo está hospedado nos servidores da Amazon. Ao invés de migrar o serviço para a plataforma Azure, a firma preferiu integrar as funcionalidades em sua mais nova plataforma de gerenciamento de atividades, o Microsoft To Do, que ganhou uma nova interface recentemente.

Em seu pedido, Christian Reber disse que devolver o app permitirá que a empresa utilize seu time para dar foco total no To Do, enquanto ele cuida da manutenção do seu antigo produto. "Ninguém vai ficar bravo se você desistir de fechar o Wunderlist". O desenvolvedor até lançou um roadmap no Twitter indicando que o serviço pode se tornar um projeto de código aberto no futuro.

Ainda sem data para sair do ar

Até o momento, a Microsoft não respondeu oficialmente aos pedidos do antigo dono do negócio e tem dado poucas informações sobre encerramento. Como o fim do aplicativo veio acompanhado do anúncio de uma nova versão do To Do, a companhia tem dado foco ao seu serviço principal e ainda não anunciou quando vai descontinuar o Wunderlist.

Com isso, por enquanto, o Wunderlist segue disponível para download no Android e iOS. O site oficial da plataforma, porém, já tem como principal foco trazer informações de como os usuários podem migrar para o Microsoft To Do.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Categorias

Produto Microsoft Mercado

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Microsoft descontinua Wunderlist, e criador quer app de volta