Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Imagem de: Após zoeira com Note 7, MacBooks Pro são banidos de voos nos EUA
Avatar do autor

Por Maria Tamanini

via nexperts

1 min de leitura

Após zoeira com Note 7, MacBooks Pro são banidos de voos nos EUA

Você se recorda do reboliço que rolou em 2016 por conta das baterias (explosivas) dos Galaxy Note 7 – situação que inclusive gerou a proibição de que as pessoas embarcassem com os aparelhos em aviões? Pois é, viajar com um smartphone daqueles se tornou crime nos EUA na época, e os fãs da Apple não só adoraram o bafafá, como ficaram de zoeira com a turma fiel à Samsung. Mas o carma é uma coisa louca, né? Eis que se passaram 3 anos, a poeira baixou e, adivinhe! Agora foi a vez de os MacBooks Pro serem banidos de voar nos EUA por causa de problemas com... a bateria.

Castigo

De acordo com Mariella Moon, do site Engadget, a proibição foi decretada pela FAA, agência norte-americana responsável pela regulamentação da aviação civil no país, e se aplica ao modelo MacBook Pro 2015, em especial as unidades adquiridas entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017. A motivação para a medida foi o recall emitido em junho pela Apple para a troca de baterias desses computadores por conta da possibilidade se superaquecimento que, por sua vez, pode oferecer riscos aos usuários.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

(Fonte: Wicked Cool Bite / Reprodução)

Segundo as instruções enviadas pela FAA às companhias aéreas, os passageiros devem ser impedidos de embarcar com seus MacBooks Pro 2015 e até mesmo de levá-los na bagagem de mão na cabine, e os computadores não poderão nem mesmo ser despachados. Ademais, 4 companhias aéreas que operam na Europa pela Total Cargo Expertise já aderiram à proibição.

A boa notícia, no entanto, é que quem atender ao recall e fizer a troca da bateria problemática poderá viajar com seu laptop sem problema.

Cupons de desconto TecMundo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Categorias

Produto MacBook Apple Bateria

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Após zoeira com Note 7, MacBooks Pro são banidos de voos nos EUA