Qualcomm anunciou nesta terça-feira (4) o Snapdragon 855, processador que deve ser utilizado em vários dos smartphones topo de linha do próximo ano, bem como em alguns modelos de notebooks. O anúncio foi feito durante o Snapdragon Summit, evento da empresa que acontece em Maui, no Havaí, e contou com a presença do TecMundo.

Como o próprio nome indica, esse processador é o sucessor direto do Snapdragon 845, lançado em dezembro do ano passado. Entre os destaques do novo modelo estão o suporte ao 5G, um dos pontos mais ressaltados pela Qualcomm, e a nova tecnologia de biometria Qualcomm 3D Sonic Sensor, que será usada em leitores de digitais sob a tela.

Embora ainda não tenha divulgado as especificações do processador, a promessa é de uma performance até duas vezes melhor que seus principais concorrentes. Também sabemos que ele será construído no processo de 7 nanômetros. Mais informações, incluindo todos os detalhes técnicos do Snapdragon 855 devem ser reveladas ao longo dessa semana.

Mais velocidade com o 5G

Logo na abertura da conferência, a Qualcomm destacou como o 5G pode ter uma importância bem maior do que a que o 4G e o 3G tiveram nos últimos anos. Isso deve acontecer principalmente porque a tecnologia será utilizada na próxima leva de produtos conectados à internet, como carros e eletrodomésticos.

A adoção em massa do 5G também deve acontecer em menos tempo. Diferentemente do que ocorreu com o 4G, que chegou primeiro aos Estados Unidos e só depois se expandiu para outras regiões, o próximo ano vai marcar o lançamento do 5G em todos os principais mercados de tecnologia do mundo, incluindo China, Europa, Japão, Coreia do Sul e Austrália. No Brasil, o leilão da faixa usada pelo 5G deve ser feito pela Anatel no fim de 2019 ou início de 2020.

Qualcomm Snapdragon

Mas isso não quer dizer que os smartphones serão deixados de lado. A empresa sabe que esses dispositivos são a principal forma de acesso à internet para milhões de pessoas e que eles devem continuar recebendo funções cada vez mais poderosas.

Para eles, o Snapdragon 855 terá uma otimização para jogos com a tecnologia Snapdragon Elite Gaming e o uso de visão computacional para reconhecer imagens e melhorar as fotos e vídeos capturadas pelos aparelhos.

Já o 3D Sonic Sensor faz uma varredura tridimensional do seu dedo para desbloquear o smartphone. É um método diferente do utilizado atualmente em leitores de digitais sob a tela, prometendo ser mais rápido e muito mais seguro. Tudo indica que a tecnologia será utilizada no Galaxy S10 da Samsung, com anúncio previsto para o início do ano que vem.

Como falamos anteriormente, a Qualcomm vai divulgar mais detalhes sobre o processador nos próximos dias. Continue acompanhando a cobertura do TecMundo para saber das últimas novidades.

Felipe Autran viajou para Maui a convite da Qualcomm.