Que de alguns anos para cá as TVs tiveram um salto gigantesco de qualidade, todo o mundo sabe bem. Resoluções muito além do 1080p, sistemas operacionais de televisores (com direito a aplicativos para ver todo tipo de conteúdo sem a ajuda de outros elementos), imagens com cores ainda mais detalhadas... Enfim, são apenas alguns dos exemplos que tornam a compra de um novo televisor mais atraente – e sua escolha igualmente mais complicada.

O fato é que, com o tempo, tivemos o surgimento de várias novas tecnologias e termos para TVs que prometem deixar mesmo quem é especialista um tanto confuso. 4K, UHD, Super UHD, Quantum Dot e Nano Cell são termos comuns de encontrar e que fazem toda a diferença na hora de decidir que aparelho comprar, mas que não deixam exatamente claro para que eles servem.

Pensando nisso, o TecMundo e a LG se uniram para explicar o que essas tecnologias trazem de diferente – e porque apostar em uma Super UHD TV 4K da LG com a novíssima tecnologia Nano Cell é a melhor opção para quem quer um televisor LCD poderoso. Continue lendo para entender:

Botando o “Super” no UHD

Não podemos começar explicando sobre as Super UHD sem antes falar da tecnologia UHD. Em suma, o termo se refere a imagens com quatro vezes a resolução normalmente vista nas agora ultrapassadas TVs Full HD, trazendo 3820x2160 pixels contra o bom e velho 1920x1080 pixels.

Para aqueles que estão se perguntando, aliás: sim, televisores UHD são considerados da categoria 4K, justamente por terem o quadruplo de resolução das TVs 2K.

SUHD Smart TV LG

E onde entram as TVs Super UHD? Bem, de maneira bastante simples, pode-se dizer que elas são os modelos “de ponta” disponíveis no mercado entre os televisores UHD comuns. Não pense, no entanto, que isso significa uma diferença de qualidade pequena, pois embora não tragam um aumento de resolução, as telas Super UHD melhoram drasticamente a experiência de assistir televisão.

Um novo nível de qualidade de imagem

O principal destaque por trás das TVs Super UHD é a aplicação de tecnologias que melhoram a qualidade de imagem do que é exibido. A primeira tecnologia utilizada para tal é o Quantum Dot, que usa nanocristais aplicados em uma película, capazes de absorver luz de diferentes cores, de acordo com seu tamanho.

É aí que entra a parte mais complicada. Enquanto normalmente a luz do painel passa por cristais nas cores verde, vermelho e azul com diferentes tamanhos, a película de nanocristais é colocada logo à frente da fonte de luz. O resultado, com isso, são cores ainda mais vivas, visto que a reprodução de cor gerada pelos nanocristais é mais pura e o desperdício de luz é menor.

Ficou impressionado com essa tecnologia? Pois saiba que isso não é tudo, visto que o Quantum Dot já tem uma evolução: as Nano Cells.

Enquanto o Quantum Dot usa uma película de nanocristais, na tecnologia Nano Cell elas são aplicadas diretamente no painel para imagens ainda mais vivas

Em boa parte, a ideia por trás dessa nova tecnologia é a mesma. A primeira diferença está no tamanho dos nanocristais, que trocam tamanhos distintos por cristais uniformes de 1 nm para a absorção do excesso de cores. Além disso, no lugar de ficarem em uma película, os cristais das Nano Cells estão diretamente no painel, absorvendo qualquer interferência de luz e resultando em cores e brilho muito mais fieis.

Junte a isso uma poderosa tecnologia de HDR Ativo com Dolby Vision para ter uma calibração quadro a quadro de todo o conteúdo exibido na tela e você tem uma TV com alta resolução, uma qualidade de imagem com nível de brilho e cor impressionantes e ângulo de visão, sem sofrer distorções mesmo em ângulos de 60°.

Se você acha que a diferença não pode ser tão grande assim, é melhor pensar de novo. Basta conferir o vídeo logo abaixo: nele, a LG colocou nada menos do que os jogadores Steven Gerrard e Adam Lallana para testar a capacidade das Super UHD TVs 4K da LG e a qualidade de suas imagens mesmo em ângulos extremos, frente a televisores comuns.

O resultado, como fica óbvio, é que as TVs Super UHD 4K da LG ficam muito à frente mesmo nos aspectos mais simples, transformando conteúdos através das cores.

A Super TV certa para quem quer a qualidade 4K

Isso, é claro, é só uma pequena parte das vantagens que as Super UHD TVs da LG podem oferecer. Junto disso temos também uma fidelidade e imersão sonora garantidas pelo sistema de som Harman/Kardon, bem como o tão adorado WebOS 3.5 para garantir que você tenha acesso a todos os principais serviços de vídeo do mercado.

Tudo isso, por fim, ainda vem com o característico design moderno e minimalista dos televisores da LG, que garantem um aparelho discreto, sofisticado e elegante que combina com qualquer ambiente.

Quer saber mais sobre as Super UHD TVs 4K da LG – ou mesmo sobre a poderosa tecnologia Nano Cell? Então é só clicar neste link para conferir mais diretamente no site oficial da companhia.

*Conteúdo Patrocinado.