Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Nova bateria para carros elétricos terá 2.000 km de autonomia

2 min de leitura
Imagem de: Nova bateria para carros elétricos terá 2.000 km de autonomia
Avatar do autor

Por Reinaldo Zaruvni

via nexperts

Após oito anos de pesquisas, a Brighsun New Energy, companhia presente na Austrália, desenvolveu uma bateria voltada a carros elétricos que promete 2 mil km de autonomia com uma única carga. Testes industriais já estão marcados para acontecer.

Segundo a empresa, os novos equipamentos recarregáveis de lítio-enxofre (Li-S) possuem densidade de energia cinco a oito vezes maior que a dos convencionais e são capazes de manter 91% de seu desempenho inicial em 1,7 mil ciclos, a uma taxa de 2 °C. O destaque, entretanto, vai para o tempo de carregamento total – cerca de 30 minutos. Mesmo sob condições mais severas de uso, como 5 °C, são necessários mil ciclos para que a capacidade original seja afetada.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Empresas voltadas ao segmento exploram uma série de combinações químicas, utilizando substâncias como fosfato de ferro e lítio, óxido de cobalto e lítio e, atualmente, níquel manganês cobalto. Entretanto, todas sofrem com uma série de desvantagens: altos custos para aquisição matéria-prima, poluição secundária durante a reciclagem e densidade de energia relativamente baixa. Esse não parece ser o caso da novidade da Brighsun.

Brighsun New Energy, empresa responsável pelas pesquisas.Brighsun New Energy, empresa responsável pelas pesquisas.Fonte:  INSIDEEvs 

A companhia afirma que sua criação vai revolucionar o mercado de carros elétricos e que pode ir além. Aplicações da tecnologia em sistemas de armazenamento de energia voltados a rodovias, navios e aviões não estão fora de cogitação, assim como otimização de aparelhos inteligentes, drones e afins. Suas características inéditas, ainda de acordo com a empresa, solucionam grande parte dos problemas da indústria atual.

Indo além

Baterias não são nada sem componentes de qualidade. Por isso, a sede australiana se dedicou a desenvolver dispositivos que proporcionem segurança a carros elétricos, aprimorando o ciclo de vida desses equipamentos. Devido ao uso de materiais amplamente disponíveis no país onde as pesquisas foram feitas, espera-se que os recursos não se esgotem por centenas de anos – beneficiando o mundo todo.

Para levar a ideia adiante, discussões com investidores potenciais estão sendo realizadas. Se as conversas forem bem-sucedidas, é possível que tudo esteja pronto para produção em larga escala ainda no final de 2020.

Menos poluição e redução de custos são promessas da companhia.Menos poluição e redução de custos são promessas da companhia.Fonte:  Unsplash 

Declarando o compromisso de contribuir com a sociedade fornecendo economia e redução da poluição gerada por transportes, Sherry Xiao, chefe de operações da companhia na Austrália, afirma: “A nova tecnologia pode acelerar a adoção de carros elétricos pelo mundo, impulsionando um desempenho de autonomia aprimorado, com baixo custo e vida útil estendida. Além disso, oferece benefícios a smartphones e indústrias de armazenamento de energia solar e elétrica, proporcionando melhorias de performance únicas nesses setores.”

Cupons de desconto TecMundo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Categorias


Comentários

Conteúdo disponível somente online
Nova bateria para carros elétricos terá 2.000 km de autonomia