Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Mixer teria pago entre US$ 20 a US$ 30 milhões pelo streamer Ninja

1 min de leitura
Imagem de: Mixer teria pago entre US$ 20 a US$ 30 milhões pelo streamer Ninja
Avatar do autor

Por Igor Almenara Carneiro

via nexperts

Em agosto de 2019, Tyler “Ninja” Blevins deixou seu canal de streaming na Twitch para fazer transmissões na plataforma da Microsoft, o Mixer. A declaração, que parecia repentina, foi resultado de negociações com o streamer e um cachê milionário.

A agência de talentos Ader, comandada pelo CEO Justin Warden, supostamente cuida das relações de Ninja com marcas e patrocinadores. Em entrevista para a CNN, o CEO deu mais detalhes sobre o contrato de exclusividade com o Mixer e revelou o valor pago para convencê-lo a migrar: de US$ 20 milhões a US$ 30 milhões.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A CNN logo tentou verificar a informação com a própria Microsoft, mas a gigante se recusou a dar detalhes sobre a contratação — o mesmo aconteceu ao entrar em contato com o streamer.

O final do ano passado foi um período marcado pela guerra entre as plataformas de serviço de streaming: novas marcas se introduziram e muitas estrelas migraram para outras plataformas. O Facebook Gaming atraiu centenas de figuras populares do meio pela quantidade de usuários diários. O YouTube Gaming, por sua vez, se destaca por ser a maior plataforma de vídeos do mundo.

Além disso, o Mixer oferece fácil conexão com a comunidade Xbox e faz parte do ecossistema Xbox — o que inclui o PC; o console e futuros produtos, como o xCloud e Xbox Series X.

Mudar nem sempre é boa escolha

Ao receber uma proposta, streamers precisam analisar friamente o impacto que a mudança pode causar na sua audiência. O streamer Zizaran já disse em uma de suas transmissões que recebeu uma proposta de US$ 1,2 milhões pelo Facebook Gaming, mas a recusou. “Eu não queria migrar porque Facebook é um ‘lixo’ de plataforma e minha carreira iria acabar”, comentou.

Além disso, cada plataforma possui métodos diferentes para monetização — alguns mais atrativos do que outros. Então, o profissional precisa estudar qual plataforma mais convence a comunidade para abrir a carteira e fazer doações.

Cupons de desconto TecMundo:

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Categorias


Comentários

Conteúdo disponível somente online
Mixer teria pago entre US$ 20 a US$ 30 milhões pelo streamer Ninja