Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Imagem de: Nova lei: créditos do pré-pago pode valer por 1 ano em celulares no Brasil
Avatar do autor

Por Ramalho Lima

via nexperts

1 min de leitura

Nova lei: créditos do pré-pago pode valer por 1 ano em celulares no Brasil

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou um projeto de lei que propõe que os créditos de celulares pré-pagos tenham validade mínima de um ano. Além disso, os celulares pré-pagos não poderão ser bloqueados para receber chamadas se a última ativação de créditos tiver sido feita com menos de 365 dias.

O Projeto de Lei 618 foi apresentado pelo deputado Lincoln Portela (PR-MG) em 2007 e, como foi rejeitado pela Comissão de Tecnologia e Ciência (CCT), só poderá se tornar lei se for aprovado em Plenário na Câmara dos Deputados e pelo Senado. Posteriormente, o presidente Jair Bolsonaro ficará com a responsabilidade de aprovar ou vetar a nova lei.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Fonte: Pexels/Reprodução

De acordo com a proposta do PL 618/07, as operadoras que não cumprirem com determinações poderão ser punidas com penalidades previstas pela Lei de Telecomunicações, como advertência, multa e até mesmo a suspensão temporária de serviços.

Se entrar em vigor, a lei vai mudar radicalmente a forma como os usuários de planos pré-pagos lidam com seus créditos. Atualmente, a Anatel determina que as operadoras vendam créditos com validade mínima de 30 dias, considerado um tempo muito curto para grande parte dos clientes que usam o celular, primordialmente, para receber ligações.

Cupons de desconto TecMundo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Categorias

Mercado Telefonia Anatel Celular

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Nova lei: créditos do pré-pago pode valer por 1 ano em celulares no Brasil