Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Imagem de: Amazon paga US$ 10 por dados de consumidores em ação promocional
Avatar do autor

Por Claudio Yuge

@clangcomix

1 min de leitura

Amazon paga US$ 10 por dados de consumidores em ação promocional

Amazon realiza nesta semana seu Prime Day, data criada pela própria empresa para oferecer descontos em 48 horas. E ela já aproveitou para seduzir os clientes a cederem mais dados do que aqueles já coletados em suas plataformas: ao usar a ferramenta Amazon Assistant como complemento em seus navegadores web, cada consumidor pode ganhar US$ 10 de créditos para gastar em produtos do site.

Para quem não conhece, o Amazon Assistant é basicamente um comparador de preços, que fica de olho quando você quer algum produto. Ao buscar por um computador, por exemplo, o tracker  reúne uma lista com os mesmos itens em concorrentes como Walmart, Target, entre outros — e assim sempre está a par de quanto os rivais estão cobrando, assim como suas atividades. A extensão já é usada por mais de 7 milhões de pessoas, seja no Chrome ou no Firefox, e a promoção é destinada às novas instalações.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

amazonFonte: RS News/Reprodução

O objetivo da companhia de Jeff Bezos é diminuir o abismo entre a quantidade de dados que a Amazon recebe quando colocada ao lado da Google, que possui muito mais recursos de rastreamento em suas páginas na web. 

Cerco sobre coleta de dados está apertando

Garimpar nossos hábitos de consumo para segmentar ofertas é algo que todas as gigantes da tecnologia vem fazendo há anos. Mas o que surpreende um pouco nessa ação da Amazon é o timing: estamos em um período de revisão de leis e políticas de coleta de informações em todo o mundo, especialmente com a chegada do Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR).  

Legisladores nos Estados Unidos estão olhando mais de perto as práticas realizadas no Vale do Silício eu projeto apresentado no Senado no mês passado propôs que as grandes plataformas divulguem a quantidade de dados obtidos junto aos usuários e quanto eles valeriam.

“Quando uma grande empresa de tecnologia diz que seu produto é gratuito, os consumidores são os que estão sendo vendidos. Esses produtos ‘gratuitos’ rastreiam tudo o que fazemos ", disse o senador republicano Josh Hawley, autor da iniciativa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Categorias

Mercado Amazon Privacidade

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Amazon paga US$ 10 por dados de consumidores em ação promocional