Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Imagem de: Facebook pode ser condenado a 20 anos de 'supervisão' forçada nos EUA
Avatar do autor

Por Nilton Kleina

@niltonkleina

1 min de leitura

Facebook pode ser condenado a 20 anos de 'supervisão' forçada nos EUA

O Facebook está cada vez mais próximo de receber o veredito do julgamento sobre as possíveis violações de privacidade de usuários e quebras de acordos nos Estados Unidos. E, além de uma multa pesada em dinheiro, a rede social teria que se deixar supervisionar para impedir novos escândalos de uso de dados.

Segundo a agência de notícias Reuters, a empresa de Mark Zuckerberg finalmente está se aproximando de um acordo com o governo por meio da Federal Trade Commission (FTC), órgão independente que supervisiona regulações comerciais no país e investigou as supostas violações da plataforma.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A tal multa significa colocar o Facebook em uma "pena" de 20 anos de supervisão pelo governo dos EUA, o que envolveria produzir relatórios sobre as práticas de privacidade e fazer uma espécie de auditoria interna em relação aos parceiros terceirizados que de alguma forma ganham acesso a dados pessoais — como jogos sociais e testes do tipo "Como seria você mais velho?".

No aguardo do pior

A empresa teria até separado cerca de US$ 3 bilhões para cobrir eventuais condenações, mas a pena pode ser ainda maior e envolver diretamente pessoas responsáveis, como o próprio CEO.

Tudo isso gira em torno de um acordo estabelecido em 2011 entre o Facebook e a FTC. Se o resultado do julgamento for que o contrato foi quebrado, as punições são certas. O objetivo seria não só punir a rede social, mas impedir que dados sejam acessados por terceiros sem o consentimento dos usuários, como ocorreu no caso da Cambridge Analytica.

Assinatura The BRIEFVenha para o The BRIEF

Cupons de desconto TecMundo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Fontes

Reuters

Categorias

Mercado Redes sociais Facebook

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Facebook pode ser condenado a 20 anos de 'supervisão' forçada nos EUA