Algumas das maiores empresas de tecnologia do mundo viram as suas ações caírem significativamente ao longo dos últimos meses. O bloco FAANG, que inclui as cinco maiores companhias de tecnologia do mundo em valor de mercado (Facebook, Apple, Amazon, Netflix e Google), teve quedas que variaram de 20% a 38,8%.

A menor queda foi registrada pela Alphabet, a dona da Google, que fechou o pregão de ontem com ações valendo 20% menos do que valiam de sua alta histórica registrada em julho. A Apple teve um desempenho semelhante: bateu recorde no início de outubro, mas viu as ações caírem 20,3% desde então.

Gigantes da tecnologia enfrentam primeira tendência baixista em nove anos

Já as ações da Amazon tiveram uma redução de 26,3% desde o início de setembro, enquanto a Netflix registrou uma queda bem maior, de 36,1%. O pior desempenho no mercado de ações entre o quinteto está com o Facebook, cujo valor das ações caíram 38,8% desde julho, destaca reportagem publicada pela Fortune.

Esse panorama indica uma tendência baixista (o chamado “bear market”) para as cinco companhias. Esse é o primeiro quadro negativo em nove anos seguidos de tendência altista (ou “bull market") e ele já dava sinais na metade do ano, quando mercado começou a avaliar que o crescimento contínuo estava próximo do fim.

A razão para esse panorama estaria em rumores sobre cortes na produção de iPhones e a crise de confiança e possibilidade de regulamentação enfrentada pelo Facebook, por exemplo. Além disso, resultados abaixo do esperado pela dupla e também pela Amazon seriam a “cereja do bolo” dessa fase baixa.

Cupons de desconto TecMundo: