Não, essa não é notícia repetida: a criptmoeda bitcoin bateu um novo recorde nesta quinta-feira (7) e atingiu um novo valor. A unidade agora vale US$ 15 mil — um crescimento nada menos que impressionante.

Segundo o gráfico em tempo real da Coindesk, o valor mais alto atingido hoje em negociações na Europa ficou estável por pouco tempo: rapidamente, ela caiu para US$ 14,8 mil, um símbolo da instabilidade do valor da criptomoeda. No momento da publicação desta matéria, o valor é de US$ 14.745,95.

Confira:

Um gráfico de desempenho.

E o crescimento absurdo já começa a preocupar analistas. Só para você ter uma ideia, ontem (6) noticiamos o pico mais recente, que foi de "apenas" US$ 12 mil. No começo do ano, ela valia menos de US$ 800. Essas mudanças bruscas e a possibilidade de tudo simplesmente dar errado de uma hora para a outra são os motivos que impedem a criptomoeda de ser aceita de forma mais mainstream por comércios — o Steam recentemente baniu ela da loja virtual por causa da volatilidade e das taxas de transação.

Um analista consultado pela AFP News falou que ela é "como um trem sem freios". Além da valorização absurda, um dos novos problemas é a entrada de vários investidores ao mesmo tempo dispostos a gastar bastante na especulação de bitcoin. Isso pode levar a dois caminhos: o estouro da bolha ou uma correção no valor da bitcoin.