Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Busca por AirPods na Amazon mostrou mensagens de racismo

2 min de leitura
Imagem de: Busca por AirPods na Amazon mostrou mensagens de racismo
Avatar do autor

Por Ramalho Lima

via nexperts

Neste final de semana, mais precisamente no sábado (30 de maio), os usuários que buscaram pelo termo “AirPods” na Amazon britânica puderam visualizar listagens de produtos que usavam miniaturas com uma mensagem de racismo. O fato foi reportado pela Reuters, após a palavra AirPods se tornar tendência no Twitter do Reino Unido.

Quando a notícia da agência foi publicada, as miniaturas já tinham sido excluídas, e, ao que tudo indica, o incidente foi local, ou seja, não afetou o site da Amazon em outros países.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Umas das publicações no Twitter, foi a do músico Benjamin Teacher, que pode ser vista logo abaixo:

Amazon não deu detalhes sobre o incidente

Questionada sobre o problema, que ocorreu em meio a uma onda de protestos em algumas cidades do mundo, devido à morte de um cidadão afro-americano, por um policial branco, nos EUA, a Amazon não deu muitos detalhes e minimizou sua responsabilidade sobre o monitoramento da plataforma.

"Nossa loja mantém diretrizes de conteúdo que os vendedores externos devem seguir", disse o porta-voz da companhia. "Assim que esse problema foi levantado, investigamos, removemos as imagens em questão e agimos contra o mau ator".

Basicamente, a empresa disse que possui regras para seus vendedores parceiros, e, caso eles não as sigam, poderão, além de outras punições, perder o direito de vender seus produtos por meio da loja.

O porta-voz, contudo, não respondeu se a companhia havia identificado o criminoso, nem como resolveu puni-lo. Também não foi informado por quanto tempo as miniaturas racistas ficaram no ar.

Parece que a Amazon não tem muito controle sobre esse tipo de abuso, e que é possível que coisas desse tipo venham a ocorrer posteriormente.

O TecMundo reprova qualquer ato de racismo e simpatiza com as causas que lutam pela igualdade de direitos para cidadãos negros, LGBTQ+, mulheres e outras minorias. Como veículo de comunicação, entendemos que é nosso dever dar visibilidade, dentro do nosso escopo editorial, a parcelas da população que, mesmo em 2020, precisam se expor e se posicionar pelo simples direito à sobrevivência. Na NZN, nossa empresa-mãe, diversidade é um dos valores institucionais, e acreditamos que é através disso que conseguimos cultivar a criatividade. A diferença deve nos unir, jamais nos separar. Vidas negras importam.

Cupons de desconto TecMundo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Categorias


Comentários

Conteúdo disponível somente online
Busca por AirPods na Amazon mostrou mensagens de racismo