Nada melhor do que chegar em casa no fim de um dia cansativo, se acomodar no sofá e abrir a Netflix para assistir ao episódio seguinte daquela série ou simplesmente escolher um bom filme, certo? O problema é que, às vezes, talvez o programa a que você deseja assistir não esteja disponível no catálogo da plataforma. 

Como todos sabem, a Netflix precisa adquirir licenças específicas dos filmes e das séries antes de disponibilizar o conteúdo para os assinantes. Para consegui-las, a empresa trabalha com uma espécie de parceria com os provedores, distribuidores e produtores de conteúdo, a fim de que os títulos fiquem disponíveis legalmente para os assinantes. Porém, pode ser que aconteçam situações que impeçam isso, como outras empresas que já conseguiram os direitos necessários para o filme ou série em questão, ou que esses direitos simplesmente não estejam à venda. É por isso que os conteúdos disponíveis variam de um país para o outro. 

1

Assim, é comum que muitos usuários se sintam um pouco frustrados ao descobrir que outros países possuem um catálogo com mais opções do que aquelas disponíveis no Brasil. Não é novidade dizer que a biblioteca de conteúdo dos EUA, por exemplo, dispõe de uma boa quantidade de títulos. Mas será que há algum país com um número ainda maior? 

Para tirar a dúvida, o portal ChampionTraveler realizou uma pesquisa para comparar a quantidade de títulos disponíveis nos catálogos do Japão e dos Estados Unidos.

2

Pois é, é a terra do sol nascente é que tem a maior quantidade de opções para os assinantes assistirem. Segundo o levantamento realizado, o Japão possui nada menos do que 6.340 títulos para os usuários escolherem. É muita coisa, né? Mas não pense que os Estados Unidos ficam muito atrás, já que, atualmente, há 5,6 mil títulos para os usuários norte-americanos se divertirem. 

Se você viu esses números e ficou um pouco desanimado em função da quantidade de títulos disponíveis no Brasil, saiba que há boas notícias para os usuários da plataforma neste ano. Ted Sarandos, chefe da seção de conteúdo da Netflix, declarou que o orçamento para 2018 é de 7 bilhões de dólares, sendo que metade do valor será destinada a adquirir as licenças de séries e filmes.