Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Imagem de: Linha iPhone 12 será ainda mais cara em 2020, diz analista
Avatar do autor

Por Camilla Cássia da Silva

via nexperts

1 min de leitura

Linha iPhone 12 será ainda mais cara em 2020, diz analista

Ming-Chi Kuo, conhecido analista de mercado especialista em Apple, declarou que a linha iPhone 12 será ainda mais cara em 2020 devido a atualizações de recursos internos e externos dos aparelhos. Em recente nota, o analista menciona que isso acontecerá em especial por causa da adição de tecnologia 5G e possível design de alumínio inspirado no iPhone 4, como informado aqui no TecMundo.

Segundo Kuo, a companhia de Cupertino poderia também optar por um novo formato não especificado de processamento no iPhone 12. Da mesma forma, incluiria materiais mais resistentes em sua estrutura metálica.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

iPhone 2020 pode ganhar estrutura metálica de iPhone 4. (Fonte: Apple/Divulgação)

Outros analistas apostam que a Apple venha, inclusive, a escolher modems da Qualcomm para equipar a nova geração com conectividade 5G; afinal, ela ainda não possui uma solução própria nesse sentido — e isso deve levar alguns anos para acontecer. Logo, essa medida seria necessária de modo imediato para garantir seu lugar em meio à concorrência em 2020.

E quanto isso deve custar?

Esse conjunto de fatores, na prática, poderia aumentar bastante o custo da principal linha iPhone 2020. Diante do valor do atual modelo mais caro da Apple — o iPhone 11 Pro Max —, uma futura geração mais robusta poderia chegar ao mercado brasileiro, por exemplo, com preço muito acima dos R$ 7,7 mil.

Samsung lançou variante de Galaxy S10 com tecnologia 5G em 2019. (Fonte: Samsung/Divulgação)

No entanto, a briga pelo setor de melhores celulares não será fácil para a Apple em 2020. Isso porque algumas fabricantes exibiram lançamentos já em 2019 com tecnologia 5G, como é o caso da Samsung. Até o próximo ano, muitas delas também oferecerão aparelhos mais acessíveis com esse tipo de alternativa.

Especula-se ainda que a empresa lance no próximo ano um suposto “iPhone SE 2” com visual similar ao do iPhone 11, mas com parte do hardware da edição atual. Esse modelo teria como foco um segmento mais econômico dentro do catálogo da Maçã e, para isso, deixaria de ser equipado com 5G.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Categorias


Comentários

Conteúdo disponível somente online
Linha iPhone 12 será ainda mais cara em 2020, diz analista