As soluções de segurança implementadas pelas fabricantes de smartphones seguem o mesmo padrão das peças de hardware: a cada ano, melhorias e inovações são realizadas. Porém, ainda não há uma solução de segurança que seja uma "bala de prata", 100% segura. Segundo uma patente da Apple, a próxima versão do Face ID chegará mais próximo disso.

O AppleInsider encontrou uma patente indicando que a tecnologia de reconhecimento facial Face ID poderá escanear as veias no rosto do usuário. Isso seria feito por meio de um transmissor óptico que emite pulsos de luz infravermelha e reflete as veias do usuário.

Segundo a patente, essa saída é mais segura que o reconhecimento facial. O motivo? A complexidade dos padrões das veias faciais. Vale notar que, assim que a tecnologia chegar neste ponto, bonés e máscaras comuns não vão ser o suficiente para "piratear" o desbloqueio — esperaremos soluções mais engenhosas quando chegar a época.

patentePatente