Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Lindinhas: polêmicas aumentaram interesse no filme da Netflix

1 min de leitura
Imagem de: Lindinhas: polêmicas aumentaram interesse no filme da Netflix
Avatar do autor

Por Robinson Samulak Alves

via nexperts

Desde que estreou no catálogo da Netflix, Lindinhas tem chamado mais atenção do público pelas polêmicas do que pelo filme em si. De acordo com uma nova pesquisa da Screen Engine/ASI, mais de 80% das pessoas assistiram ao longa por causa das controvérsias envolvendo a produção.

Segundo o estudo, 52% dos entrevistados disseram que as polêmicas foram o único motivo pelo qual assistiram; para 29%, foi a principal razão para verem Lindinhas. A análise também revelou que 72% das pessoas que assistiram ao filme acharam a controvérsia "exagerada". Apesar disso, 48% concordaram que o filme não deveria estar na Netflix.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A pesquisa foi realizada com 96 usuários da gigante do streaming.

Filme tem recebido críticas por sexualizar crianças.Filme tem recebido críticas por sexualizar crianças.Fonte:  IMDb/Reprodução 

Polêmicas atrás de polêmicas

Lindinhas estreou em janeiro de 2020 no Festival de Cinema de Sundance, no qual foi bem recebido, chegando a vencer o Prêmio de Direção Dramática Mundial de Cinema. Porém, antes de chegar ao catálogo de streaming, em 9 de setembro, a situação mudou.

Em agosto, a Netflix precisou se pronunciar sobre um cartaz polêmico do filme, que sexualizava as crianças envolvidas na produção. Logo após a estreia, usuários começaram a compartilhar a hashtag #CancelNetflix (Cancele a Netflix, em tradução livre).

Depois disso, a companhia voltou a se manifestar, dessa vez em defesa do filme. Segundo um porta-voz da empresa, "Lindinhas é uma crítica social contra a sexualização de crianças pequenas. É um filme premiado e uma história poderosa sobre a pressão que as meninas enfrentam nas redes sociais e da sociedade em geral".

Nesta semana, foi a vez de o governo brasileiro se manifestar, através do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, que pediu a suspensão do filme no Brasil. Até o momento, a Netflix não se manifestou sobre a solicitação.

Cupons de desconto TecMundo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Fontes

Categorias


Comentários

Conteúdo disponível somente online
Lindinhas: polêmicas aumentaram interesse no filme da Netflix