Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Fãs cobram George R.R. Martin por não ter cumprido promessa

1 min de leitura
Imagem de: Fãs cobram George R.R. Martin por não ter cumprido promessa
Avatar do autor

Por Robinson Samulak Alves

via nexperts

O escritor George R.R. Martin está precisando lidar com as consequências de uma promessa que ele mesmo fez em maio de 2019, no seu blog pessoal. Na ocasião, o autor havia falado que, caso seu próximo livro de As Crônicas de Gelo e Fogo, Os Ventos de Inverno, não estivesse finalizado até hoje (29), os fãs poderiam aprisioná-lo em um castelo.

O livro não está pronto, porém, Martin dificilmente precisará ser aprisionado para concluir o trabalho. Primeiro porque ele já está em quarentena, por conta da pandemia do novo coronavírus. Além disso, ele afirmou recentemente que tem feitos bons progressos na história, mas lembrou que ainda falta algum tempo para concluir a obra. “Vai ser um livro gigantesco, e eu ainda tenho muito a fazer”, disse Martin em seu blog no mês passado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

George R.R. Martin vem atrasando o próximo livro desde 2011George R.R. Martin vem atrasando o próximo livro desde 2011Fonte:  IMDb/Reprodução 

De acordo com o escritor, Os Ventos de Inverno deve ser o livro mais sombrio da série. Ele ainda não deu muitos detalhes de como a trama deve seguir, mas a partir do que foi visto na série, e pela complexidade que a história vem ganhando, é possível esperar mais do que apenas a morte de personagens queridos. Resta aos fãs aguardar para que Martin cumpra sua promessa desta vez e finalize o livro até 2021.

O último livro da série que chegou às livrarias foi A Dança dos Dragões, lançado em 2011. Nesse período, o autor criou dois derivados e participou da produção da série Game of Thrones. Agora, ele afirma estar se dedicando mais aos dois últimos livros da saga.

Cupons de desconto TecMundo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Fontes

Categorias


Comentários

Conteúdo disponível somente online
Fãs cobram George R.R. Martin por não ter cumprido promessa