Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Imagem de: The Mandalorian: como a série expande o universo de Star Wars
Avatar do autor

Por Robinson Samulak Alves

via nexperts

3 min de leitura

The Mandalorian: como a série expande o universo de Star Wars

Uma das melhores coisas sobre Star Wars é o tamanho, quase sem fim, do seu universo, o que pode gerar sempre novas histórias, com novos personagens e com diferentes abordagens. E, embora pouco desse potencial tenha sido explorado oficialmente, a Disney certamente deve ter inúmeros planos para fazer valer a pena o investimento de mais de US$ 4 bilhões da compra da Lucasfilm.

Aproveitando uma classe de personagens que já era conhecida do público, mas que nunca teve a sua mitologia devidamente explorada, The Mandalorian consegue trazer algumas novidades, ao mesmo tempo que nunca deixa de lado o peso de Star Wars. Se você ainda não se convenceu, preparamos uma lista mostrando como a produção do Disney+ amplia o cânone de uma das sagas mais importantes da cultura pop.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O código de ética

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

O primeiro episódio da série mostra o Mandaloriano, interpretado por Pedro Pascal, salvando a vida de um alienígena bebê da mesma raça que o mestre Yoda. A série deixa estabelecido que esses caçadores de recompensa mantém uma tradição de salvar crianças órfãs e adotá-las. A série abordar um costume tão relevante mostra como o objetivo da produção é aprofundar um grupo de personagens, algo que fazia tempo que não se via em Star Wars.

O “bebê Yoda”

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Embora nada tenha sido revelado sobre quem é a recompensa que o Mandaloriano precisou encontrar no primeiro episódio, trazer uma espécie tão importante para o universo de Star Wars mostra a intenção de desenvolver mais alguns personagens clássicos. Mesmo sem saber muito sobre o pequeno alienígena, sua participação já trouxe alguns detalhes interessantes sobre ele, como a capacidade de controlar a Força, mesmo sendo muito novo. Se ele de fato possui alguma relação com o mestre Yoda, ainda não é possível saber, mas ver a série desenvolver um personagem tão amado pelos fãs, através de outro membro da sua espécie, é uma maneira inteligente de ampliar o universo da saga.

Aço Beskar

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Conhecido também como ferro Mandaloriano, o Aço Beskar é uma liga utilizada na armadura Mandaloriana. A série mostra a importância desse material como uma moeda de troca para pagar pela captura do “bebê Yoda”. No cânone de Star Wars, o Aço Baskar é apresentado como uma liga de metal capaz de aguentar tiros de blaster e ataques com sabres de luz.

Richa com os Jedi

Star Wars Rebels (Fonte: IMDb/Reprodução)
Star Wars Rebels (Fonte: IMDb/Reprodução)

A importância do Aço Beskar também traz à tona outra característica muito conhecida dos Mandalorianos: sua rivalidade com os Jedi. Desde a Antiga República, essas duas classes de guerreiros se enfrentam, com os Jedi chegando a dominar os caçadores de recompensa por um tempo. Foi a partir desse embate que os Mandalorianos perceberam a importância de desenvolver armas e armaduras capazes de colocá-los em pé de igualdade com seus rivais, os igualando à Força.

Nunca tire o capacete

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Questão de honra para os Mandalorianos, o capacete jamais pode ser retirado na frente de outra pessoa. A série elabora o motivo disso, no quarto episódio, quando o protagonista revela que, desde que colocou sua armadura pela primeira vez, quase nunca retirou o capacete, e nunca o fez na frente de ninguém. Ainda não é possível saber se veremos o rosto do ator Pedro Pascal em algum momento, porém, para deixar essa ideia de preservar a face dos caçadores de recompensa, é pouco provável que isso aconteça.

Remanescente da Aliança Rebelde

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Os Mandalorianos parecem não se envolver diretamente com eventos da franquia principal, mas isso não quer dizer que os caçadores de recompensa estejam isolados do resto da galáxia. Cara Dune é uma personagem que serve para fazer a ponte entre o que restou da Aliança Rebelde, mas não quis mais se envolver com os guerreiros e preferiu seguir seu próprio caminho. Após os eventos de O Retorno de Jedi, enquanto os rebeldes tentam implementar a paz no universo, ela preferiu trabalhar como mercenária, e é como ela entra em contato com o Mandaloriano da série. A sua presença mostra como os eventos da saga principal de Star Wars nem sempre tem efeitos diretos nos lugares mais remotos da galáxia.

Congelado em carbonita

(Fonte: IMDb/Reprodução)
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Em O Império Contra-Ataca, Boba Fett congela Han Solo em carbonita, antes de entregá-lo ao Jabba the Hutt. Segundo o cânone da franquia, o caçador de recompensas não tinha certeza se isso daria certo. Porém, como é revelado em O Retorno de Jedi, a carbonita é uma excelente material para conservar corpos. A ideia foi tão bem-sucedida, que, em The Mandalorian, congelar as capturas no material já é algo comum para os caçadores de recompensa.

Cupons de desconto TecMundo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Fontes

CBR

Categorias

Cultura Geek Star Wars Cinema e Seriados Séries Disney

Comentários

Conteúdo disponível somente online
The Mandalorian: como a série expande o universo de Star Wars