A 3ª temporada do Demolidor foi disparada a melhor, não somente do herói da Cozinha do Inferno, com o também dos heróis de rua da Marvel na Netflix. É possível ir até mais longe: ela superou várias outras adaptações de quadrinhos para outras mídias e não somente pode agradar os fãs do segmento como também cinéfilos de séries premiadas, do nível de Sopranos, Breaking Bad e The Wire.

marvelFonte: Marvel Comics

Como toda boa trama inspirada em quadrinhos, a história conta com várias homenagens, referências e outras nerdices, que não escapam dos olhos mais atentos de quem adora o Homem Sem Medo. Selecionei algumas delas aqui, para quem já viu todos os capítulos.

Ou seja, há muitas informações que podem estragar surpresas, então, caso não tenha visto, é melhor sair daqui agora e voltar depois, combinado? Vamos lá.

1. Maggie

Tanto a freira quanto o Mercenário — falaremos sobre ele depois — foram usados com muita inteligência para surpreender a audiência. Mesmo os leitores que já sabiam da inspiração no arco “A Queda de Murdock” ficaram chocados com várias revelações.

demolidorFonte: Marvel Comics

Quem já leu, sabe que Maggie é a mãe do Demolidor, mas na série a dramatização de Joanne Whalley explica de forma mais verossímil a razão de Matt ter se tornado órfão. Além disso, sua atuação e a dinâmica entre ambos desenvolvem melhor o renascimento e a redenção do herói.

2. Mercenário

Como já havia explicado nessa matéria, o Mercenário tem uma origem bem diferente da dos quadrinhos. Relacionar Benjamin Poindexter com uma “estrela guia” para deixar sua mente estável foi uma boa jogada, pois assim Matt pôde desestabilizar o vilão da melhor forma que o advogado faz nos quadrinhos: usando sua argumentação, perspicácia e, claro, toda sua agilidade e destreza no combate.

marvelFonte: Marvel Comics

E como a Netflix evita associar as habilidades dos personagens a poderes, mostrar que Dex pode jogar objetos com a precisão e a velocidade certa para matar foi uma grande sacada — bem representada, diga-se de passagem.

marvelFonte: Netflix

Faltou somente ele usar o dente para matar um guarda e fugir da prisão, como já aconteceu nos quadrinhos. Aliás, o símbolo do alvo que faz parte de seu uniforme aparece no boné de um flashback, quando ele ainda é um guri.

3. Wilson Fisk

Pela primeira vez vimos alguém chamar Fisk pelo seu nome mais famoso nos quadrinhos, o Rei do Crime (ou Kingpin), em inglês. Aliás, vemos uma razão para que o chamem assim. No último capítulo podemos até mesmo contemplar seu visual clássico, com o terno branco e a rosa no bolso — que, aliás, não foi escolhida à toa, graças ao amor do vilão, Vanessa.

marvelFonte: Marvel Comics

4. Karen Page

Quem dedura a identidade do Demolidor ao Rei do Crime na trama original é Karen Page, que troca a informação por drogas, em uma fase que ela está viciada e prostituída. Um dos episódios chega a flertar com esse passado sombrio da personagem e no final das contas ela acaba mesmo entregando que Matt é o vigilante — mas não da maneira que todos imaginavam.

marvelFonte: Marvel Comics

5. Foggy

Em um dos arcos escritos por Brian Michael Bendis, Matt Murdock acredita que a melhor forma de defender sua identidade e se proteger do Rei do Crime é justamente se expor. Assim, ele revela para o submundo que realmente é o Demolidor, mas, como ele é um advogado brilhante, ninguém consegue provar isso, mesmo que todos saibam.

marvelFonte: Marvel Comics

Algo semelhante é usado por Foggy para se defender, ao invés de ficar escondido nas sombras. Esse “drama de tribunal” que permeia as revistas também aparece na série, especialmente com Franklin Nelson.

6. Matt Murdock

Essa é uma versão de Matt mais próxima de sua contraparte de papel. Charlie Cox reúne muitas das características da série “O Homem Sem Medo”, de Frank Miller e John Romita Jr. Aliás, no discurso da morte do padre Lantom ele cita exatamente essas palavras “homem sem medo”.

marvelFonte: Marvel Comics

Sua passagem pela cadeia lembra muito também o arco em que ele se deixa ser preso por querer justamente para combater o Rei do Crime na penitenciária, transformando essa história em mais um clássico recente, em um “drama de prisão” daqueles.

marvelFonte: Marvel Comics

Aliás, o respeito que Murdock e Fisk nutrem pelo outro, depois de tanto lutar como inimigos, aparece no último capítulo da terceira temporada, assim como nessa fase escrita por Ed Brubaker.

7. Melvin Potter

O vilão conhecido como Gladiador já havia aparecido antes, como o responsável por criar a roupa/armadura do Demolidor no final da primeira e na segunda temporada. Nesta terceira, ele se parece mais com sua versão dos quadrinhos e até mesmo usa uma serra parecida com sua assinatura nas revistas.

marvelFonte: Marvel Comics

8. Demolidor: Amarelo

Parte da atmosfera desta temporada, incluindo o retorno para a quadra de boxe, os flashbacks com Jack Murdock e o final, com a sociedade entre Page, Nelson e Murdock, vai de encontro com um outro grande clássico do Demolidor, “Amarelo”.

marvelFonte: Marvel Comics

Vale destacar que essa edição tem desenhos de Tim Sale, que já trabalhou com o Batman e outros heróis da Marvel e foi responsável pela arte que aparecia na série “Heroes”; e Jeph Loeb, que escreveu “Amarelo”, é nada menos que o produtor executivo dos heróis da Marvel na Netflix.

9. X-Men…?

Há alguns outros pequenos easter eggs escondidos na série, como uma citação aos agentes da SHIELD, cenas clássicas (como Matt na enfermaria da igreja e outra pessoa usando a roupa do Demolidor para incriminá-lo) e takes que lembram até outros personagens — a exemplo do Rei do Crime quebrando a espinha do Mercenário, no estilo Batman-Bane.

Mas uma das cenas finais que mais chamaram a atenção foi a citação ao Dr. Oyama, que bate com o nome de Kenji Oyama, conhecido como o Lorde Vento Negro. Ele é o pai da vilã Lady Letal, rival de Wolverine, e um dos criadores do metal inquebrável Adamantium, que cobre os ossos do mutante. Aqui, ele seria o responsável por reconstruir a espinha dorsal do Mercenário, com um outro elemento, o aço cognium.

marvel Fonte: Marvel Comics

Bem, não dá para saber exatamente se teremos conexões com os X-Men tão cedo no Marvel Studios, agora que o negócio da Fox com a Disney deu certo, mas que é algo interessante, isso é.

*********************

E aí, o que mais vocês notaram nesta temporada? Conta para a gente!

Cupons de desconto TecMundo: