Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Astrônomos descobrem 'planeta Pi' do tamanho da Terra

1 min de leitura
Imagem de: Astrônomos descobrem 'planeta Pi' do tamanho da Terra
Avatar do autor

Por André Luiz Dias Gonçalves

via nexperts

Nesta segunda-feira (21), uma equipe de astrônomos de vários países, liderada por pesquisadores do Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos, anunciou ter descoberto um planeta do tamanho da Terra e que gira ao redor da sua estrela a cada 3,14 dias.

Apelidado de “planeta Pi”, em referência à famosa constante matemática representada pela letra grega π e cujo valor é de 3,14, ele teve os primeiros registros captados em 2017. Desde então, os cientistas têm estudado os dados coletados pela missão K2 do Telescópio Espacial Kepler da NASA.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Já em 2020, os pesquisadores utilizaram o SPECULOOS, uma rede de telescópios baseada em solo, para confirmar que o astro observado realmente se tratava de um planeta. Os novos dados também ajudaram a calcular o tempo gasto para completar a órbita em torno da sua estrela, o equivalente a 3,14 dias terrestres.

O "planeta pi" gasta 3,14 dias para completar uma órbita em torno da sua estrela.O "planeta pi" gasta 3,14 dias para completar uma órbita em torno da sua estrela.Fonte:  MIT/Reprodução 

“O planeta se move como um relógio”, disse o estudante de graduação do Departamento de Ciências da Terra, Atmosféricas e Planetárias do MIT Prajwal Niraula. Ele é o principal autor do estudo, publicado no Astronomical Journal, que detalha a descoberta do "Terra Pi".

“Quente demais para ser habitável”

Denominado oficialmente de K2-315b, o planeta pi possui um raio de tamanho quase idêntico ao da Terra, conforme as estimativas dos astrônomos, e orbita uma estrela fria, cuja massa é equivalente a um quinto do Sol. Ele gira em torno da sua estrela a 81 km/s.

Com tamanho parecido ao do nosso planeta, o K2-315b provavelmente não é um dos candidatos a ter vida, pois a órbita estreita o aproxima demais da sua estrela, fazendo com que a temperatura da superfície fique em torno de 176ºC. “Isso é muito quente para ser habitável”, comentou Niraula.

Apesar disso, os cientistas afirmam ser necessário um estudo mais detalhado da atmosfera dele para comprovar tal possibilidade.

Cupons de desconto TecMundo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Categorias


Comentários

Conteúdo disponível somente online
Astrônomos descobrem 'planeta Pi' do tamanho da Terra