Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Drone autônomo fará batalha contra caça da USAF guiado por humano

1 min de leitura
Imagem de: Drone autônomo fará batalha contra caça da USAF guiado por humano
Avatar do autor

Por André Luiz Dias Gonçalves

via nexperts

A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF, na sigla em inglês) quer testar as capacidades dos drones de combate movidos por inteligência artificial, com o objetivo de saber até onde eles conseguem chegar. Para tanto, os militares planejam colocá-los em combate contra pilotos humanos.

Na última quinta-feira (4), o chefe do Centro Conjunto de Inteligência Artificial do Pentágono Jack Shanahan disse que espera realizar a batalha entre um drone autônomo e um caça pilotado por humano em julho de 2021.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O tenente-general não revelou muitos detalhes sobre este confronto homem x máquina, guardando segredo sobre os modelos que devem ser usados no teste e também a respeito de como acontecerá o duelo. O oficial confirmou apenas que a USAF quer saber como a aeronave controlada por IA se comportaria em um cenário de guerra.

A USAF lançou um modelo experimental não tripulado em 2019.A USAF lançou um modelo experimental não tripulado em 2019.Fonte:  Wikimedia Commons 

Mesmo anunciando este aguardado combate aéreo, Shanahan comentou que o plano pode ter sido muito ambicioso, uma vez que os sistemas atuais não utilizam muito a inteligência artificial, podendo apresentar falhas em determinadas situações. O teste foi classificado por ele como uma “ideia ousada”.

Projeto Skyborg

Embora não planeje substituir os pilotos humanos por robôs, pelo menos por enquanto, o órgão de defesa tem investido bastante no desenvolvimento de equipamentos autônomos, ultimamente, para aprimorar as capacidades das forças armadas.

Uma destas iniciativas é o projeto Skyborg, lançado em março do ano passado. A ideia inicial era a de desenvolver aviões de combate controlados por IA, mas parece que os planos mudaram. Agora, o objetivo é criar drones de combate e outros dispositivos autônomos.

Ainda de acordo com Shanahan, os aviões de guerra de grande porte não terão mais espaço em breve: “A última coisa que eu diria é que transportadoras, caças e satélites vão desaparecer nos próximos dois anos”, profetizou o militar.

Cupons de desconto TecMundo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Categorias


Comentários

Conteúdo disponível somente online
Drone autônomo fará batalha contra caça da USAF guiado por humano