Menu

Explore por temas!

Bookmarks

Salve suas notícias e leia quando quiser.

Bioimpressão 3D já consegue criar carne artificial no espaço

1 min de leitura
Imagem de: Bioimpressão 3D já consegue criar carne artificial no espaço
Avatar do autor

Por Lupa Charleaux

via nexperts

Astronautas da Estação Espacial Internacional utilizaram uma impressora 3D para criar carne artificial no espaço. Segundo a Agência Espacial Federal Russa, a Roscosmos, essa é a primeira vez que o experimento é realizado em condições de ausência de peso. 

Uma bioimpressora foi utilizada para reproduzir tecidos de carne, coelho e peixe que podem ser consumidos por pessoas. Fabricado pelo laboratório russo 3D Biopriting Solutions, o aparelho utiliza campos magnéticos em microgravidade para criar os alimentos. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Desenvolvido e financiado por instituições russas, o diferente modelo de impressora 3D também é resultado de parcerias com companhias norte-americanas e israelenses. Empresas de tecnologia de alimentos dos Estados Unidos e de Israel forneceram células para o experimento.

A nave espacial Soyuz MS-15 decola para Estação Espacial Internacional com células de carne a bordo. (Fonte: Roscosmos/Divulgação).

O sucesso do experimento pode ser fundamental para futuros voos espaciais de longa duração. “Se vamos voar para lugares longe da Terra e explorar o sistema solar, não podemos levar grandes volumes de comida conosco”, diz o veterano cosmonauta russo Oleg Kononenko.

Segundo ele, a impressão 3D de carne artificial elimina a necessidade de plantar alimentos a bordo de uma nave espacial. “Acredito que a ciência e o conhecimento estão se desenvolvendo muito rápido e vejo isso fazer parte das nossas vidas”, completa.

Cosmonauta russo Oleg Kononenko a bordo da Estação Espacial Internacional (Fonte: 3D Biopriting Solutions/Divulgação)

No entanto, para criar uma grande quantidade de carne por impressão 3D serão necessários equipamentos mais complexos do que a atual bioimpressora russa. Por isso, o laboratório 3D Biopriting Solutions já está trabalhando nesta questão.

“Podemos criar não apenas pequenos objetos, mas peças maiores feitos a partir de uma grande massa de células”, conta Yusuf Khesuani, representante da companhia russa. “Espero que possamos continuar realizando esses experimentos”.

Por fim, o especialista faz uma brincadeira com a famosa frase que o astronauta norte-americano Neil Armstrong disse ao pisar na Lua em 1969: “É uma pequena mordida para o homem, mas uma grande mordida para a humanidade”.

Cupons de desconto TecMundo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Categorias


Comentários

Conteúdo disponível somente online
Bioimpressão 3D já consegue criar carne artificial no espaço