Desligar, Dormir ou Hibernar? Qual a melhor opção para seu computador?

Você já ficou em dúvida sobre qual destas opções utilizar? O Baixaki mostra para você qual a diferença entre elas.

Se você nunca utilizou, já deve ter se perguntado o motivo de o Windows possuir mais opções de energia além do famoso “Desligar”. Caso você as utilize, certamente já ficou em dúvidas entre qual delas utilizar em alguma situação ou até mesmo se vale mais a pena desligar ou escolher alguma das outras formas.

Se o computador for permanecer inativo por um período considerável de tempo, desligar é sempre uma ótima opção - inclusive tirá-lo da tomada, especialmente para poupar energia e garantir uma vida útil maior para o disco rígido. Caso você não tenha um estabilizador ou no-break, desligar também pode prevenir que o computador sofra danos causados por queda ou oscilação de energia.

Agora, em determinadas situações, você pode utilizar uma das outras opções trazidas com o Windows, o modo de Hibernação ou de Dormir. Essas duas configurações de energia destinam-se basicamente a economizar energia (e hardware) quando você precisa dar uma pausa em suas atividades no computador.

Desligar é uma boa alternativa para longos períodos de inatividade.

Pense no seguinte: quantas vezes você estava utilizando o computador e teve que interromper seu trabalho para alguma outra atividade? Você não precisa desligar o computador para atender a porta, por exemplo, mas nem sempre estas interrupções são tão rápidas. Dormir ou Hibernar são úteis exatamente para esses casos. Por exemplo, digamos que você queira parar para almoçar ou precisa atender a uma reunião de trabalho, mas não quer ter que “fechar tudo e desligar o computador”.

Deixar o computador em estado de dormência ou hibernação pode poupar o tempo e o trabalho de efetuar todo o demorado procedimento de inicialização e abertura do que estava em uso antes de desligá-lo. Além disso, é possível poupar energia / bateria, algo que não ocorreria se o computador permanecesse desnecessariamente ligado durante o período de ausência.

Agora você deve estar se perguntando qual dos dois modos é melhor para determinadas situações. Antes de pensar nas alternativas, vamos fazer um breve resumo sobre como funcionam estas opções para podermos esclarecer as diferenças existentes entre elas.

Dormir ou Modo de Suspensão

A opção de “Dormir”, também chamada de “Modo de Suspensão”, no Windows faz com que seu sistema entre em espera (“standby”), permitindo que você retome suas atividades de onde parou. Quando você utiliza esta opção, todos os discos rígidos (ou óticos), processador, vídeo, monitor e outros dispositivos permanecem ligados, porém em um estado de consumo lento.

Após o computador permanecer inativo por um período determinado de tempo (que pode ser ajustado nas configurações de energia), o sistema fecha os arquivos abertos, desliga os discos rígidos e a iluminação da tela e reduz tanto quanto for possível a frequência de operação do processador, reduzindo o consumo de energia.

Dormir é uma alternativa para pausas mais rápidas nas atividades

Apenas a memória RAM permanece sempre ligada, pois os dados que estavam em uso antes da ativação da opção de “Dormir” são armazenados nela. Enquanto o computador está no estado de dormência, ele consome uma quantidade mínima de energia, mas não elimina completamente este consumo. Portanto, se houver uma queda da eletricidade ou a bateria acabar, todos os dados que estavam abertos serão perdidos.

Hibernar

O modo de “Hibernar” tem um funcionamento semelhante ao de dormir. Porém, quando você utiliza esta opção, o estado de seu computador é registrado e as informações presentes são gravadas em um arquivo no disco rígido. Em seguida todos os discos rígidos (ou óticos), processador, vídeo, monitor e outros dispositivos são desligados.

Assim como no modo de "Dormir", o processo de desligamento total pode levar algum tempo (a quantidade pode ser ajustada nas configurações de energia), porém como as informações são gravadas no disco, o sistema efetivamente é desligado e há uma completa economia de energia.

Hibernar é indicado para interrupções mais longas

Porém, para voltar da hibernação, é necessário efetuar o procedimento de inicialização do computador normalmente. Quando ele for ligado novamente, as informações serão carregadas a partir deste arquivo e o sistema retoma as atividades exatamente da mesma forma na qual elas estavam antes da máquina entrar em hibernação.

Dormir em “Suspensão Híbrida”

A partir do Windows Vista, foi implantada uma nova forma de se utilizar a opção “Dormir” que é chamada de "Suspensão Híbrida". Essa opção faz uma espécie de junção entre “Hibernar” e “Dormir”, pois as informações presentes são registradas na memória RAM e gravadas em um arquivo no disco rígido.

Este modo presente dentro da opção de “Dormir” por padrão já está ativado no Windows Vista. Trata-se de uma funcionalidade presente nas configurações de energia para o estado de “Dormir” chamada “Permitir modo de Suspensão Híbrido”.

Conclusões

Uma conclusão facilmente tirada disto tudo é que a função “Dormir” foi desenvolvida com o intuito de ser utilizada no caso de interrupções não muito longas como uma reunião rápida, atender uma pessoa por um período curto ou até mesmo parar para um horário de almoço. A função de “Hibernar” está mais associada com interrupções que levem horas (ou até mesmo um dia ou mais) e nas quais o ideal seria poder retomar suas atividades exatamente no momento em que parou.

Entretanto, a partir do Windows Vista, a implementação do estado de “Suspensão Híbrida” para a função de “Dormir” representa por si só uma combinação das duas opções e pode ser utilizada em ambos os casos. Este estado também resolveu o problema que alguns usuários tinham para fazer o computador voltar de uma hibernação.

Você já utilizou algum destes recursos de energia presentes no Windows em alguma situação? Compartilhe conosco suas experiências e até a próxima!


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ


RELACIONADOS
COMENTÁRIOS
NOVAS
TOPO DA PÁGINAVER SITE COMPLETO