O que acontece se o Windows for instalado e ativado com a mesma licença em mais de um PC?

Para manter seu Windows funcionando, não cometa esse erro.

O combate à pirataria atingiu níveis críticos na última década, devido à facilidade com que programas piratas podem ser distribuídos e disseminados. A Microsoft, que domina o mercado de sistemas operacionais, é uma das empresas mais preocupadas em proteger seus softwares contra cópias ilegais.

Quando o Windows XP foi lançado, havia incorporada nele uma ferramenta chamada WGA — “Windows Genuine Advantage” ou “Vantagens do Windows Original”. Essa tecnologia nunca evitou que a pirataria continuasse a distribuir ilegalmente milhões de cópias do Windows, mas deu fortes dores de cabeça no usuário que as comprou ou fez download em sites de pirataria e redes P2P.

Windows Original

WGA e WAT

O WGA é um modo agressivo de evitar que o Windows XP funcione se perceber que é uma cópia não original. Ele bloqueia diversas funções do sistema, impedindo que ele seja atualizado e que sua segurança e estabilidade sejam reforçadas com as atualizações automáticas periódicas. No Windows Vista e no Windows 7, a tecnologia continuou presente, mudando o nome no Windows 7 para WAT — “Windows Activation Technologies” ou “Tecnologias de Ativação do Windows”.

À partir da versão XP, todo Windows deve ser ativado quando sua instalação for terminada — no caso do Windows 7, a ativação é feita antes mesmo da instalação ser finalizada. Se o sistema não for ativado dentro do prazo de 30 dias, algumas funções serão desativadas e mensagens de informação serão exibidas periodicamente, solicitando que o SO seja ativado para funcionar de forma completa.

Ocasiões de ativação

Quando você compra um computador, geralmente ele já vem com o sistema operacional instalado e ativado, o que dispensa qualquer ação por parte do usuário, a menos que se resolva formatar a máquina — veja no próximo parágrafo a explicação de como fazer para ativar o Windows nesse caso. Em certas ocasiões, o usuário pode querer ou necessitar comprar uma cópia do sistema e a ativação é necessária para que tudo funcione normalmente.

Tela de ativação

Em determinado momento da instalação, será solicitado ao usuário que seja digitada a chave do produto. Se os caracteres forem inseridos corretamente, o processo continuará até ser finalizado. O momento em que a ativação será solicitada dependerá da versão do Windows que estiver sendo instalada, mas as opções serão as mesmas. A opção de ativação mais comum é via internet, devido à sua rapidez e facilidade e ao fato de poucos computadores não possuírem internet nos dias de hoje.

Se a ativação não for feita, o sistema iniciará uma contagem regressiva de 30 dias, depois dos quais serão desativadas funções vitais, como as atualizações automáticas e a autenticação necessária para download de ferramentas adicionais, como o Microsoft Security Essentials.

Um código em mais de uma máquina: pode?

Respondendo de forma rápida a pergunta do título do artigo, podemos dizer que é possível INSTALAR o Windows em mais de um computador, utilizando o mesmo número de série (também chamado de “cdkey”, “código do produto”, “chave do produto” ou ainda “product key). Porém, NÃO é possível ATIVAR duas vezes a mesma chave do produto. Isso infringe os termos do acordo de licenciamento (EULA) e é caracterizado como pirataria.

Por que não?

Quando você ativa uma cópia do Windows, são coletadas algumas informações sobre o seu hardware. A combinação dessas informações é como uma impressão digital do seu PC. Ou seja, se você ativar seu Windows em um computador e depois tentar fazê-lo em outro, não será possível ativar o sistema uma segunda vez, e a máquina que recebeu a segunda instalação começará a contagem dos 30 dias, a menos que você compre um novo Windows, ou mesmo somente uma nova chave do produto.

Problemas na ativação

Selo de autenticidadeVocê pode ter problemas com a ativação em diversos casos, por mais que possua um DVD ou CD original do sistema. Em todas as situações relatadas, a única forma de reativar seu Windows é ligando para a Microsoft. Veja abaixo algumas situações possíveis:

— Formatação do PC: às vezes, depois de formatar o computador, pode ser que a ativação via internet falhe. Se isso ocorrer, ligue para o telefone de atendimento da Microsoft e solicite a ativação por telefone. O atendimento solicitará uma justificativa desta nova ativação. Informe como motivo o fato de você ter formatado a máquina e estar reinstalando o sistema.

— Alterações de hardware: se você adicionar mais memória ao PC, ou trocar o disco rígido, é possível que seu Windows precise ser ativado novamente, já que sua “impressão digital” mudou. No contado com o atendimento da Microsoft, informe que foram feitas alterações no hardware e por isso é necessária uma nova ativação.

— Desinstalar de um PC e instalar em outro: se você comprar um computador novo, mas sem Windows, é possível instalar o sistema na nova máquina, desde que você o desinstale da máquina antiga. Mesmo assim, como a “impressão digital” contida no banco de dados da Microsoft é da máquina antiga, será necessária uma nova ativação, também através do atendimento da Microsoft.

— Infecção por vírus: alguns vírus atacam o arquivo onde as informações de ativação são armazenadas. Se o problema for constatado, faça a limpeza do vírus (seja através de um antivírus ou mesmo a formatação do computador) e ligue para a Microsoft.

*O telefone da Microsoft no Brasil, para ativação do sistema, pode ser encontrado na caixa do produto ou nas mensagens que informam que a ativação deve ser feita, exibidas pelo próprio Windows.


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ


RELACIONADOS
COMENTÁRIOS
NOVAS
TOPO DA PÁGINAVER SITE COMPLETO