Problemas gerados a partir de interferências entre redes sem fio vizinhas podem estar com os dias contados. De acordo com estudo publicado pela Universidade de Northwestern (Illinois, EUA), instabilidade de conexão e velocidades baixas de conexão podem ser evitadas se frequências moduladas (FM) forem usadas.

A tecnologia ganhou o nome de “Wi-FM” e possibilita, grosso modo, a comunicação entre ambientes através de ondas de rádio. O envio de dados é feito por um sistema que monitora os níveis de ruído wireless. Significa, assim, que os dispositivos conectados recebem informações no momento em que há menos interferência.

“[O método] vai receber e enviar dados quando a rede estiver 'menos poluída'. O envio das informações pode ser feito imediatamente, sem que os dados sejam recebidos por alguém fora da rede ou que retornem ao ponto de emissão”, explica Marcel Flores, um dos alunos responsáveis pelo desenvolvimento do método.

Em redes WiFi comuns, os sinais podem ser obstruídos a partir de roteadores vizinhos, o que impacta fatalmente a conexão do usuário. “Muita gente fica irritada com seus roteadores. Mas o que está acontecendo é que o seu vizinho está assistindo a Netflix”, comenta Aleksandar Kuzmanovic, professor de engenharia da universidade.

“Nossas redes estão completamente separadas uma da outra. Não há como haver interferência mesmo se os roteadores estiverem em um mesmo lugar”, observa o pesquisador. A viabilização da tecnologia não exigiria qualquer esforço por parte do usuário, pois grande parte dos aparelhos com WiFi possuem, também, receptores FM – uma atualização de software seria suficiente para a incorporação do Wi-FM.

Outra vantagem é facilidade com a qual sinais de rádio podem trafegar entre cômodos. “Você vai bater em 30 portas para configurar sua rede de acordo com a dos seus vizinhos? Este é um enorme problema de gerenciamento que já somos capazes de superar”, pontua Kuzmanovic.

Informações sobre o uso comercial do Wi-FM não foram divulgadas até o momento.

...

Sua rede WiFi sofre interferências por parte de roteadores vizinhos? Comente no Fórum do TecMundo