Como funciona o modo de navegação anônima dos navegadores

Veja o que muda em um browser quando você está navegando na internet utilizando o modo privado.

(Fonte da imagem: iStock)

A fim de melhorar a segurança de quem navega na internet utilizando computadores públicos, os browsers adicionaram um novo recurso em suas ferramentas. Trata-se da navegação anônima, a qual permite você acessar seus sites preferidos sem ter que se preocupar com rastros deixados na máquina que está sendo utilizada.       

Embora a funcionalidade seja muito utilizada, poucas pessoas sabem como a navegação anônima realmente funciona. Por isso, o Tecmudo explica com mais detalhes como o modo privado dos browsers trabalha e quais são as suas principais limitações.

Como tudo funciona

Quando você abre um site da internet, o seu navegador armazena diversos arquivos no disco rígido com o intuito de agilizar o carregamento da página em acessos futuros. Além disso, todas as páginas visitadas são colocadas no histórico de navegação, e os dados digitados em formulários também acabam sendo salvos pelo programa.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Caso não sejam apagadas, todas as informações citadas acima podem ser acessadas e visualizadas por qualquer pessoa que utilize o computador. Mesmo que você não tenha nada a esconder, ter alguém bisbilhotando todos os seus passos na internet não deixa de ser uma violação à sua privacidade.

Para que as pessoas não tenham que perder tempo apagando históricos e arquivos temporários, limpando cache ou removendo o conteúdo capturado de formulários, os navegadores começaram a trazer a navegação anônima.

A ideia é permitir que você realize qualquer atividade na internet sem deixar qualquer rastro armazenado em seu computador. Para isso, o modo anônimo de navegação impede a gravação de qualquer informação recebida no navegador por meio da rede mundial de computadores.

Caso alguma página exija a gravação de dados, como cookies, o browser armazena apenas temporariamente as informações. Quando a janela do programa é encerrada, o conteúdo é eliminado por completo automaticamente.

(Fonte da imagem: iStock)

Cuidado com as limitações

Vale lembrar que a navegação privada impede a gravação de informações no seu browser, mas não detém outras aplicações instaladas no computador de monitorar o que você está fazendo. Keyloggers, spywares e outras aplicações do gênero continuam a funcionar normalmente, capturando todos os seus passos na internet.

Além disso, não há como apagar os traços de navegação deixados na própria internet, em servidores e roteadores. O objetivo do acesso anônimo ao conteúdo da internet é não expor suas atividades para as demais pessoas que utilizam a máquina, mas não é possível esconder o que aconteceu fora do PC.

Para ter total proteção e garantir que nenhuma informação pessoal será guardada em servidores ou roteadores, é possível utilizar uma aplicação chamada Tor. Todos os passos de sua utilização podem ser encontrados no tutorial “Tor: como navegar anonimamente na internet”. Clique e confira!


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ


RELACIONADOS

REXPOSTA
COMENTÁRIOS
NOVAS
TOPO DA PÁGINAVER SITE COMPLETO