A cidade de Londres está um passo mais perto de ser tomada por veículos autônomos públicos. Segundo o BBC News, a cidade vai colocar em testes, pelas próximas três semanas, o protótipo de seu primeiro ônibus autônomo, que deve atender em torno de cem pessoas na região de Greenwich.

Parte do assim chamado GATEway Project, o novo protótipo é um pequeno veículo, com espaço para até quatro pessoas, capaz de viajar a até 16 km/h, sendo totalmente controlado apenas por computador. Os passageiros que participarem dos testes não terão qualquer controle do ônibus; um membro treinado da equipe, porém, sempre vai estar a bordo durante os passeios para parar o veículo se necessário.

Vale notar que um dos principais destaques do ônibus é seu sistema de sensores. Composto de cinco câmeras e três lasers, o veículo consegue “enxergar” até cem metros à frente e para automaticamente caso detecte qualquer obstrução no caminho – o que é extremamente importante em um trajeto normalmente cheio de pedestres.

Com os testes, a companhia espera não apenas ter maiores informações sobre a recepção do público para esse tipo de transporte, como também conseguir apresentar essa tecnologia que, até o momento, está limitada a uma parcela pequena da população. “Nós esperamos ganhar aceitação dos membros do público para veículos compartilhando esse tipo de espaço com eles”, afirmou Graeme Smith, chefe-executivo do projeto.

O que vai acontecer a partir daí? Os planos são de colocar o veículo para funcionar em maior escala a partir de 2019, só então, eventualmente, o projeto será levado para fora da região. Torçamos para que tudo dê certo, porque convenhamos que essa solução promete oferecer muito mais conforto para as viagens sem gastar muito.