5 reações químicas incríveis e explosivas [vídeo]

Nem todas as reações químicas geram resultados agradáveis. Conheça algumas das mais explosivas de todos os tempos.

O carnaval não é feito só de samba. Aqui no Tecmundo, ele também é feito de muitas explosões científicas. Pois é, reunimos alguns dos vídeos mais incríveis com as consequências incríveis de reações químicas (algumas perigosas). Prepare-se para saber um pouco mais sobre ciência e se lembre de jamais tentar repeti-las em casa.

1. Cloreto de potássio e balas de gelatina

O cloreto de potássio é uma substância bastante oxidante. O açúcar é uma substância facilmente oxidável. Já entendeu a relação entre os dois materiais? Ao misturar o cloreto com uma balinha de gelatina (que possui muito açúcar), uma reação de oxidação acontece muito violentamente.

2. Magnésio e gelo seco

Colocar um pouco de magnésio entre dois grandes blocos de gelo seco pode ser uma mistura perigosa. Como você pode ver no vídeo, o magnésio age reduzindo o dióxido de carbono congelado (gelo seco) a carbono, aproveitando o oxigênio para oxidar o magnésio.

3. A reação de Nassau

Essa não é explosiva, mas mesmo assim é muito interessante. Soluções de bisulfato de sódio, cloreto de mercúrio (III) e iodato de potássio são misturadas com quantidades em vários recipientes com quantidades diferentes de água. As reações químicas fazem com que as substâncias mudem de cor rapidamente. E o que faz elas mudarem em tempos diferentes? A quantidade de água, que age dificultando as reações.

4. Peróxido de hidrogênio e iodeto de sódio

Misture as duas soluções descritas acima e você verá a produção de gases coloridos sendo realizada rapidamente (assim como a dissipação). Agora, adicione sabão líquido às reações e o resultado vai ser muito mais incrível. Como os autores do vídeo batizaram, é uma verdadeira "pasta de dentes para elefantes".

5. Potássio e água

Um dos metais com maior facilidade de reação é o potássio. Quando exposto ao oxigênio ou vapor dágua, ele é facilmente dissipado. Agora, quando entra em contato com a água, os resultados são bem mais visíveis. A mistura gera hidróxido de potássio e hidrogênio, que entram em ignição e causam a explosão.


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ


RELACIONADOS
COMENTÁRIOS
NOVAS
TOPO DA PÁGINAVER SITE COMPLETO