Anteriormente, trouxemos para vocês a informação de que o próximo smartphone lançado pela Apple, o iPhone 8, seria colocado no mercado por um preço de US$ 1 mil — um aumento significativo no valor. Porém, informações do Digitimes indicam que esse preço vai ser ainda mais alto.

A Apple vai lançar 3 modelos de iPhones em 2017

Refrescando a sua memória: de acordo com rumores da indústria, a Apple vai lançar três smartphones neste ano. Os dois iPhone 7s e 7s Plus, que darão sequência aos modelos já disponibilizados; e o iPhone 8, um aparelho top de linha que busca trazer as últimas tendências e inovações do mercado — esse lançamento especial aconteceria devido ao aniversário de 10 anos do iPhone, lançado originalmente em 2007.

Segundo o Digitimes, o problema do preço surgiu no momento em que a Apple decidiu trocar as telas LCD de iPhones para OLEDs — são elas que devem dar o ar da graça no iPhone 8. A fonte diz que as fabricantes TPK Holding e General Interface Solution, que produzem o módulo do 3D Touch, estão cobrando 60% extras da Apple para entregar módulos que funcionem com o OLED.

O preço mais alto tem um culpado: OLED

Abaixo, você acompanha na íntegra a fala do Digitimes: “Como os painéis AMOLED precisam ser combinados com soluções sensíveis ao toque ‘Out-Cell’, os módulos 3D Touch que serão usados no novo iPhone equipado com AMOLED envolvem um processo de fabricação mais complicado e a adoção de sensores mais finos”.

O iPhone 7 Plus de 32 GB pode ser adquirido por exatos US$ 769, o que seriam R$ 2,4 mil sem taxas e impostos. Contudo, o valor dele é de R$ 4.099 aqui no Brasil. Você já consegue imaginar o preço de um iPhone 8 custando mais de US$ 1 mil?