Notebook agora é coisa de criança, conheça os notes infantis

Conheça o substituto dos livros e cadernos que já vem sendo testados em salas de aula do Brasil.

 

 

Não se tratam daqueles brinquedinhos de plástico com joguinhos educativos, chegou a hora das crianças possuírem o seu Notebook de verdade. Saiba melhor como são, para que servem e como estes aparelhos podem influenciar na formação das crianças. Notebooks para crianças, será isso mais uma brincadeira ou o substituto dos cadernos e livros do futuro?

O que são?

A combinação sempre pareceu um tanto perigosa: ter em casa um Laptop com acesso à internet, jogos, filmes e músicas próximo de uma criança esperta e com uma curiosidade inversamente proporcional ao seu tamanho. Excelente para os pequenos, pena que o equipamento foi desenvolvido para as cuidadosas mãos de seus pais. A quantidade de memória e o processador pouco importa, o que realmente cativa as crianças é o acesso ao conteúdo digital.

Diante deste caso cada dia mais comum, não é difícil deduzir como seriam as máquinas dedicadas aos pequenos usuários: conexão wireless e software limitado, para reduzir os custos; bastante colorido e com tamanho reduzido para se tornar mais portátil; e é claro, maior resistência tanto a choques mecânicos quanto a líquidos e gorduras no teclado.

Brinquedo ou Estudo?

Nicholas Negroponte, diretor mundial do projeto “Um Computador por Criança”, afirma em diversas pesquisas que crianças que utilizam computadores durante sua formação têm melhor rendimento na escola e aprimoram sua autonomia em pesquisas. Quando o jovem possui seu equipamento próprio, sente-se ainda mais à vontade para explorar a informação sem se preocupar em danificar o equipamento dos pais. Baseado em resultados positivos, o governo brasileiro decidiu também investir no projeto (UCA em português), e escolas do Rio de Janeiro e São Paulo já testam o método com os alunos.

Classmate PC, fabricado nacionalmente pela CCE.

Os analfabetos do séc. XXI são aqueles que não sabem utilizar um computador. Muito antes de substituir cadernos e livros, utilizar um computador derruba qualquer barreira para que a informação chegue até o aluno, por isso é tão importante que cada aluno tenha o seu próprio instrumento. Mas nem tudo é brincadeira, pedagogos que acompanham o projeto afirmam que a supervisão dos pais é fundamental neste processo, é importante orientar para que o instrumento não se torne mais um mero meio de entretenimento.

Esta é uma sala de aula brasileira.A nova geração cresce em contato com a informática e muitos se sentem mais adultos utilizando os mesmos equipamentos que eles. Celulares com internet, players portáteis e até os computadores, todos têm um lado produtivo, mas podem virar um brinquedo de luxo quando mal orientado. É importante para os pais assumir uma postura responsável antes de fazer uma aquisição como estas.

Notes Educacionais

Atualmente, são 3 os principais modelos que brigam pelo mercado brasileiro de Notebooks educacionais: o XO da Quanta, o Mólilis da Encore e o Classmate montado pela CCE. Ainda é difícil encontrar estes modelos à venda no Brasil, mas dentro de poucos meses já devem estar sendo comercializados em todo o território brasileiro.

À primeira vista, todos os equipamentos parecem ser à prova de todo dano que uma criança possa ser capaz de causar, para despreocupação dos pais. Seu hardware é bastante limitado, mas eles são capazes de rodar todos os aplicativos básicos como editor de texto, calculadora, navegador e mesmo players multimídia. Nenhum deles possui leitor de CDs, mas caixas de som e entradas USB são indispensáveis para os pequenos.

XO, o modelo mais acessível.

A tela de LCD valoriza recursos de touchscreen e alguns modelos exploram escrita corrida em seu monitor. Robustos e compactos, estes modelos de Laptop são bastante apropriados para as crianças em idade escolar, porém, parecem menos adequados para os adultos. No geral suas teclas são muito mais próximas, a dimensão da sua tela reduzida e a performance da máquina incomparável menor.

Algo mais sério

Pode-se comprar notebooks de “gente grande” com pouco mais que alguns destes modelos, o que faz com que muitos pais pensem melhor no investimento de seus filhos e adquiram um notebook tradicional para suas crianças. Por outro lado, enquanto um laptop educacional direciona suas atividades para fins estudantis, um computador comum oferece uma gama muito maior, o que muitas vezes foge da sua intenção.

Móbilis, muito compacto.

Se esta é a sua intenção, saiba que será preciso tomar uma série de cuidados para não expor seus filhos a uma série de riscos. Controlar o acesso a páginas com conteúdos indevidos e instruir os cuidados que eles devem tomar na rede é indispensável para uma navegação segura. Outra medida é controlar o uso do PC ou monitorar e limitar o uso da máquina para garantir que ninguém vai trocar o dia pela noite com seu novo brinquedo.


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ


RELACIONADOS
COMENTÁRIOS
NOVAS
TOPO DA PÁGINAVER SITE COMPLETO