Se o Project Loon já estava mostrando avanços impressionantes nos últimos tempos, uma nova descoberta feita pelos cientistas da Google promete levar essa tecnologia ainda mais longe e torná-la mais eficiente.

Para quem não conhece, o Project Loon é uma iniciativa da Alphabet que tem como objetivo oferecer internet ao redor do mundo com a ajuda de balões. Estes, por sua vez, se movem para cima e para baixo pela estratosfera, de forma a serem levados para onde devem com o vento e chegar até pontos que precisam de conexão.

Com a mudança, os balões do Project Loon focam em áreas onde a conexão é mais necessária

A nova tecnologia desenvolvida pela equipe do projeto, todavia, adapta essa ideia original para algo um pouco mais interessante. Isso porque, no lugar de posicioná-los em anéis que se movem constantemente pela superfície, a equipe encontrou uma maneira de juntar pequenos grupos de balões em um mesmo ponto que precisa de internet, criando aglomerados que podem permanecer na mesma área por meses.

Embora a ideia tenha como preço uma cobertura menor de conexão, juntar vários balões em um lugar é bastante vantajoso. Afinal, com vários deles operando, é possível oferecer uma melhor conexão em cidades remotas, fazendas e locais que utilizam mais internet, focando onde eles são mais necessários.

Fazer isso não foi uma tarefa fácil, é claro. Para conseguir, a equipe do Project Loon teve que melhorar os sistemas de controle de altitude e navegação dos balões, inserindo um sistema de inteligência artificial que ajusta o posicionamento deles constantemente para se manterem no lugar.

O número de balões necessários para colocar o Project Loon em operação foi reduzido em cem vezes

Todo esse trabalho, contudo, teve uma recompensa e tanto. De acordo com uma declaração feita pelo misterioso laboratório da Google X, o número de balões necessários para colocar o Project Loon em operação foi reduzido em cem vezes. Logo, ele não só está muito mais barato de ser trazido à vida, como deve ser lançado muito mais cedo que o esperado.