Você é do tipo que faz mil maratonas de séries na Netflix? Não sabe dizer quantas horas de sono já perdeu por conta disso? Mesmo se você for um dos milhões de usuários que cultivam essa relação de amor e ódio com o serviço de streaming, há grandes chances que um de seus seriados favoritos não esteja por lá. Sim, estamos falando de Game of Thrones! Bem, se as suas unhas já estão completamente roídas esperando pela penúltima temporada desse show, prepare-se para roer também as unhas do pé: a série só deve voltar em julho.

Em entrevista recente ao The Independent, o ator Liam Cunningham, intérprete do amado Davos Seaworth, fez essa revelação com um certo pesar. “Eu ando desapontando diversas pessoas por todo o mundo [com essa informação] porque a série supostamente sairia em abril. É em julho agora, eu acho”, comentou o eterno Cavaleiro da Cebola. Além de começar bem mais tarde do que as temporadas anteriores, vale lembrar que os fãs também terão menos episódios à sua disposição nesse sétimo ano da produção.

“Vai haver algo especial para o lançamento, mas as más notícias são que só vai haver sete episódios e que a temporada final só começa novamente em setembro, pelo que eu sei”, explicou o irlandês. Para compensar um pouco disso, a HBO liberou na última sexta-feira (3) um pequeno teaser – que você pode conferir logo acima – confirmando que a sétima temporada está em plena produção e dando um gostinho bem leve do que veremos a partir do meio de 2017. Alguém aí reconhece essa espada de aço valiriano que rouba a cena no clipe?

Será?

A penúltima temporada vai 'explodir os seus miolos'

Para quem já está sofrendo de antecipação por conta do final de Game of Thrones, é melhor não ficar tão preocupado. Além de Emilia Clarke, a atriz que faz Daenerys Targaryen na série, ter confirmado que a penúltima temporada vai “explodir os seus miolos”, rumores dizem que o canal norte-americano realmente está quase decidido em criar um prequel do seriado depois que a oitava temporada for ao ar. E aí, a data e o teaser serviram para acalmar os ânimos ou só aumentaram o hype em torno da obra? Deixe a sua opinião na seção de comentários.