Até poucos anos atrás, era difícil encontrar listas de CEOs influentes que não fossem encabeçadas por Steve Jobs, o respeitado cofundador da Apple. No entanto, conforme a cultura das startups foi ganhando espaço, a admiração de executivos do mundo da tecnologia encontrou um novo alvo: Elon Musk, conhecido por participar em empresas como a Tesla e a SpaceX.

Em uma pesquisa conduzida recentemente pela First Round Capital, Musk foi eleito o “líder mais admirável” por 23% dos mais de 700 entrevistados pela pesquisa. Outros nomes de destaque foram os de Jeff Bezos, da Amazon (10%), e o chefe do Facebook, Mark Zuckerberg, apontado como o profissional mais admirado por 6% dos participantes.

Outros nomes de destaque da lista são Jeff Bezos, Mark Zuckerberg e Steve Jobs

Entre os motivos que ajudam na popularidade do fundador da Tesla está o fato de ele lidar com assuntos considerados “em alta”, como fontes de energia alternativa e a exploração espacial. Além disso, ele é conhecido por fazer grandes declarações que, em geral, se provam verdadeiras — embora ele tenha a tendência de não respeitar muito qualquer espécie de data de lançamento.

Algo que chama a atenção na lista é a ausência de mulheres em posições de destaque, fato que os participantes atribuem à “falta de modelos e mentores na indústria”, o que também engloba pessoas pertencentes a minorias étnicas e religiosas. A mulher de maior destaque na pesquisa este ano foi a COO do Facebook, Sheryl Sandberg, citada por somente 1% dos entrevistados.