A Asus está apostando todas as suas fichas no segmento dos intermediários premium e, recentemente, lançou ZenFone 3 Zoom, um aparelho focado em câmera e autonomia de bateira. Considerando as duas versões do ZenFone 3 comuns, esse é o terceiro aparelho da mesma categoria que a empresa lança nessa geração, sendo, portanto, mais um concorrente para o Moto Z Play, da Motorola. Mas será que o novo produto da Asus consegue bater de frente com o dispositivo que já virou ícone desse segmento?

Em questão de desempenho, pelo menos, a resposta para essa pergunta é não. A unidade que recebi da Asus para testes tem 4 GB de RAM e, mesmo assim, ela não conseguiu superar o Moto Z Play, que só tem opções com 3 GB de RAM. Isso nos nossos testes de benchmark, que analisam o “desempenho puro” sinteticamente dos smartphones. Note que ambos possuem o mesmo processador e mesma GPU.

Contudo, como a diferença de pontuação dos dois no Vellamo, no AnTuTu e no 3D Mark não foi muito grande, dá para dizer que o usuário comum não vai notar nenhuma diferença de desempenho entre esses smartphones no cotidiano. Quem estiver a fim de jogar games mais pesados, talvez note alguma coisa, mas nada que realmente seja importante.

Versão do Sistema OperacionalAndroid 6.0.1 MarshmallowAndroid 6.0 Marshmallow
Tipo de TelaSuper AMOLED com 16 milhões de coresAMOLED com 16 milhões de cores
Tamanho de Tela5.5 polegadas5.5 polegadas
Resolução de Tela1920 x 1080 pixels1920 x 1080 pixels
ChipsetQualcomm MSM8953 Snapdragon 625Qualcomm MSM8953 Snapdragon 625
Memória RAM3 GB de RAM3/4 GB de RAM
Armazenamento Interno32 GB32/64/128 GB
Cartão de MemóriamicroSD, expansível até 256 GBmicroSD, expansível até 2TB
Câmera Traseira16 MP, abertura f/2, pixels de 1.3µm, com autofoco a laser e resolução máxima de 4608 x 3456 pixels23 MP, abertura f/1.7, pixels de 1.44µm, com resolução máxima de 5488 x 4112 pixels
Capacidade de Bateria3510 mAh5000 mAh

Mais tempo longe da tomada

Por outro lado, o celular da Motorola simplesmente não consegue acompanhar o da Asus em questão de autonomia de bateria. O ZenFone 3 Zoom tem uma impressionante capacidade de 5.000 mAh, o que garantiu ao dispositivo em nossos testes nada menos que 12 horas e meia de execução contínua de vídeo no YouTube com WiFi ligado e brilho da tela no máximo. Nas mesmas condições, o Moto Z Play marcou cerca de 8 horas.

Isso quer dizer que o smartphone da Asus tem uma autonomia 50% maior para uso intenso, o que é realmente impressionante, considerando que o smartphone concorrente não é nenhum nanico em célula de energia, com seus 3.510 mAh. O smartphone da Asus ainda conta com carregamento reverso, que o transforma em um verdadeiro power bank para carregar outros dispositivos com um adaptador incluso na caixa.

Eu sei que estamos comparando aqui os smartphones das Asus e da Motorola, mas para você não pensar que o ZenFone 3 Zoom é o melhor aparelho em questão de autonomia de bateria no mercado, confira a nossa análise do Galaxy A5 ou do A7 de 2017. Ambos marcaram pouco mais de 14 horas no mesmo teste de vídeo.

Aparência vs. Funcionalidade

Na questão visual, nenhum dos dois é brilhante ou se destaca muito, mas o celular da Asus agrada mais o meu gosto pessoal, que está sempre mais inclinado a aparelhos com designs mais coesos e bem-acabados. O Zoom tem bordas arredondadas e passa uma sensação bem mais confortável nas mãos, mesmo sendo mais espesso e pesado. O celular da Motorola, por sua vez, tem um estilo completamente distinto.

Ele preza pela modularidade e permite acoplar acessórios na traseira com facilidade. Isso é muito interessante e realmente pode fazer a diferença para aquele usuário que gosta de personalizar o dispositivo e expandir suas funções.

Contudo, quando ele está completamente “nu”, o design não é dos mais agradáveis por conta das conexões expostas na parte traseira, bem como pelas bordas meio “afiadas”. Não é um smartphone feio, porém está bem aquém do esperando para a categoria dos intermediários premium, mesmo oferecendo uma ótima qualidade de construção. Mas como design é muito relativo, é provável que você prefira o da Motorola por conta das inúmeros possibilidades em vez do da Asus, que inclusive é mais frágil em sua construção.

Na hora do clique

Na hora de clicar e capturar uma fotografia, o vencedor nessa comparação é o ZenFone 3 Zoom, que tem um sistema de câmeras bem mais completo e avançado. Na parte traseira, são duas câmeras, sendo que uma possui lente zoom fixada em 2,3x de aproximação. Com isso, é possível fotografar coisas “mais de perto” sem perder qualidade, como acontece ao usar zoom digital.

O sensor principal é o mesmo utilizado pela Samsung no Galaxy S7

O sensor principal é o mesmo utilizado pela Samsung no Galaxy S7, mas a qualidade das capturas é bem inferior porque estamos lidando aqui com categorias bem diferentes. Seja como for, a câmera do Zoom é melhor sim que a do Moto Z Play, conseguindo capturar mais detalhes e, especialmente, representar mais fielmente as cores. As fotos do Z Play são normalmente mais saturadas. Mas a grande diferença mesmo fica na câmera frontal, onde o sensor de 16 MP do Zoom deixa o de 5 MP do Z Play no chinelo.

Melhor Android

Se você tem a mínima familiaridade com o mundo Android, sabe que cada marca faz o que bem quer com a interface do Robô antes de entregar o software nas mãos dos consumidores. No caso da Asus, esse trabalho nunca é dos melhores. Por isso, a interface do ZenFone 3 Zoom é feia e cheia de animações e transições ultrapassadas. Os ícones, em especial na área de notificações, são muito grandes e seu desenho tem um design pouco atraente.

Se você for comparar com a interface do ZenFone 5, vai perceber que o software da empresa não mudou em praticamente nada

Se você for comparar a interface do ZenFone 5, o primeiro smartphone lançado pela Asus no Brasil, vai perceber que o software da empresa não mudou em praticamente nada. Ou seja, esse problema na aparência da interface é mais uma falta de evolução do que qualquer outra coisa.

Por outro lado, o Moto Z Play traz uma interface bem mais limpa e praticamente igual à do Android Puro que a Google entrega para as fabricantes. Há poucas personalizações, mas todas elas são muito úteis, como os gestos do app Moto e a Moto Tela. O celular da Asus realmente tem mais funções, mas quantidade raramente anda junto com qualidade.

Para completar, o Z Play já está no Android Nougat 7.0 há um bom tempo, enquanto Zoom só deve receber essa versão do SO no fim do segundo trimestre e, como a Asus só atualiza uma vez seus smartphones, o aparelho que já veio ao mercado com sistema defasado nunca vai ganhar o Android O, que já está em fase de testes.

Mesma tela?

Em questão de tela, não há muito o que discutir porque a qualidade e as especificações dos dois displays são muito similares. Ambos contam com 5,5’’ e resolução Full HD, mas o Z Play vem com o Super AMOLED, em vez do AMOLED comum da Asus. Contudo, por mais incrível que possa parecer, o Zoom representa as cores com mais realismo. Mesmo assim, a diferença é bem pouco perceptível.

Extras

Uma pequena vantagem que o smartphone da Motorola tem sobre o da Asus é o fato de ele ser dual-SIM de fato, enquanto o Zoom fica com aquela famigerada gaveta compartilhada. Isso quer dizer que o ZenFone permite sim usar dois chips de operadora, mas um deles fica instalado no mesmo local onde você plugaria o cartão de memória. O Z Play tem três espaços para os três elementos.

Esse comportamento da Asus é praticamente hostil com o usuário, uma vez que é sabido que ninguém gosta desse tipo de gaveta. A Samsung mesmo levou “tanta pedrada” por fazer isso nos seus Antigos Galaxy A, que resolveu abandonar o modelo e, agora, segue o padrão da Motorola. Se a empresa de Taiwan demorar para mudar tanto quanto está demorando para mudar o design de sua interface, pode ser que a situação nunca se resolva.

Picuinhas aparte, é interessante destacar que os acessórios dos dois aparelhos são de qualidade, e o ZenFone vem com aquele adaptador extra para o carregamento reverso.

E o preço?

O Moto Z Play foi lançado por um valor maior que o atual preço do ZenFone 3 Zoom, mas, no momento, está praticamente na mesma faixa. Por isso, não dá para dizer que algum dos concorrentes tem qualquer vantagem nesse aspecto. O Z Play gira ente R$ 1,7 mil e R$ 1,9 mil, enquanto o da Asus ainda está no preço de lançamento, R$ 1.899, isso para versão básica, com 32 GB de armazenamento e 3 GB e RAM.

Com isso em mente, a escolha aqui e depende muito do tipo de usuário que você é. Quem preza muito pelo design, por elegância e qualidade de construção, provavelmente vai gostar mais do ZenFone 3 Zoom. De quebra, ele tem um conjunto de câmeras claramente superior. Quem prefere um software enxuto, porém funcional, com mais desempenho e mais versatilidade, sem dúvidas vai acabar inclinado para o lado do celular da Motorola.

Opções de compra:

Zenfone 3 32 GB: Walmart - https://goo.gl/dj648M

Zenfone 3 zoom 64 GB: Fastshop - https://goo.gl/b373SL ou Walmart -https://goo.gl/XJygsQ

Moto Z Play: Ponto Frio - http://bit.ly/2nLiSCQ, Magazine Luiza - http://bit.ly/2oguL7H, Fastshop - http://bit.ly/2o5qsKe