DARPA apresenta sensores químicos do tamanho de uma moeda

Dispositivos podem ser usados para identificar armas químicas ou descobrir que elementos estão em sua comida num restaurante.

Sensores químicos poderiam estar no seu smartphone no futuro. (Fonte da imagem: Divulgação/DARPA)

A DARPA anunciou hoje o sucesso do seu projeto que criou sensores químicos super-reduzidos, do tamanho de uma moeda, que podem identificar armas químicas com mais eficiência que os dispositivos usados atualmente. O programa envolveu pesquisadores de várias universidades norte-americanas e resultou no componente hexagonal que você confere na imagem.

O projeto começou há 5 anos e o maior desafio era criar câmaras à vácuo em tamanhos reduzidos para que as moléculas pudessem ser analisadas isoladamente. Até então, isso não era possível por conta da resistência dos materiais usados para construir essas câmaras e os procedimentos empregados.

Agora, com a possibilidade do “minivácuo”, esses sensores podem ser incluídos até em smartphones, por exemplo, para analisar odores e outros componentes químicos. Contudo, como a tecnologia acabou de ser apresentada em sua forma finalizada, não há ainda uma expectativa para a comercialização de trais componentes.

Quando isso acontecer, poderemos ter gadgets que analisam a qualidade da refeição que nos é servida em um restaurante, por exemplo. Mesmo assim, o uso militar desses sensores acoplados em robôs para procurar armas químicas sem a necessidade da presença humana já é uma possibilidade viável.


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ


RELACIONADOS

REXPOSTA
COMENTÁRIOS
NOVAS
TOPO DA PÁGINAVER SITE COMPLETO