A Volkswagen acaba de lançar no Brasil o Novo Gol, adicionando mais uma geração a uma das mais tradicionais linhas de automóveis do país. A proposta é trazer o #carroconectado, contando com o sistema de infotainment mais moderno do mundo, o App-Connect – compatível com as tecnologias Apple CarPlay, Mirror Link e Android Auto. Para controlar tudo isso, estreou no modelo o volante multifuncional usado na família Golf, mostrando que, além de funcional, o Novo Gol é cheio de estilo.

Para os apaixonados por carros, a montadora caprichou no desenho do modelo, incorporando o DNA mundial de design da marca. Além disso, ele conta com duas opções de motorização, desde o premiado 1.0 de três cilindros, que faz sua estreia na linha Gol, até o consagrado 1.6, ambos Total Flex.

Com tantas novidades por dentro e por fora, a Volkswagen quer trazer para o público o automóvel mais moderno do segmento. Completando 36 anos de história no país, sendo 27 deles como o carro mais vendido e acumulando mais de 6,7 milhões de unidades comercializadas, o Gol é considerado o modelo de maior sucesso na indústria automobilística brasileira – será que a nova fórmula também será assim?

Para quem gosta de tecnologia

Conectividade foi um dos principais pilares no desenvolvimento do Novo Gol. O veículo conta com o sistema de infotainment App-Connect, considerado o mais inovador do mundo, que faz com que o modelo seja o mais tecnológico e conectado do seu segmento – o recurso é usado, inclusive, em automóveis mais luxuosos da marca, como o novo Passat. São quatro opções disponíveis de central: “Media”, “Media Plus”, “Composition Touch” e “Discover Media”.

Com tantas novidades por dentro e por fora, a Volkswagen quer trazer para o público o automóvel mais moderno do segmento

Enquanto o “Media” oferece opções de interatividade mais simples, como rádio AM/FM, Bluetooth com função de streaming de áudio, entradas USB, auxiliar e slot para cartão SD, o “Media Plus” vem com os mesmos itens acrescidos de um player para CD e mais uma tela simples que inclui um recurso que mostra a silhueta do veículo na hora de estacionar.

O “Composition Touch”, por sua vez, conta com tela colorida de 5 polegadas no painel central, sensível ao toque, que permite o espelhamento de smartphones Android das marcas Samsung e Sony através da plataforma MirrorLink.

O “Discover Media” é o sistema mais avançado: ele vem com a maior tela, de 6,33 polegadas, entradas para dois cartões SD – um para o sistema de navegação e outro para armazenamento de músicas e outros arquivos –, uma entrada USB, uma auxiliar, um leitor de CD e ainda o sistema mais moderno de conectividade, sendo compatível com as tecnologias Apple CarPlay e Android Auto.

Recebeu mensagens de texto? Sem problema: o sistema lê para você e te deixa responder por meio de comandos de voz – que podem ser utilizados também para interagir com o GPS, por exemplo. A navegação nos sistemas de infotainment pode ser feita ainda através dos comandos no próprio volante.

A Volkswagen fez questão de comemorar a estreia do modelo mais conectado e tecnológico do Gol, por isso lançou também o pacote especial “Connect” para o Novo Gol na linha Comfortline, oferecendo uma cor exclusiva para a carroceria – o Azul Lagoon – e diversos detalhes azuis nos tecidos dos bancos e nos apliques do novo painel.

Conectividade foi um dos principais pilares no desenvolvimento do Novo Gol

Um aspecto bacana é que a Volkswagen adotou uma mentalidade focada muito em pessoas e, por isso, mostra que a inclusão de um sistema complexo de multimídia dentro do Novo Gol não é simplesmente voltada para o entretenimento: é também uma questão de segurança para os motoristas modernos, cada vez mais dependentes da tecnologia. É uma forma de inovar com um propósito que seja relevante para as pessoas.

Se você usa Android

Apesar de a Google não ter liberado o Android Auto no Brasil ainda, o infotainment da versão “Discover Media” já está pronto para recebê-lo. Na tela do sistema multimídia do veículo, são exibidos alguns aplicativos compatíveis que estão em seu smartphone.

A conexão é feita através do USB e permite usar aplicativos como o Google Maps, o Google Play Music, o WhatsApp e o Spotify. Outros apps devem ser disponibilizados, como é o caso de SoundCloud, Text Me!, textPlus, Stitcher Radio, Pandora, iHeartRadio, TuneInRadio, Pocket Casts, Joyride Podcast e Umano. Para facilitar o acesso, você pode usar tanto a tela touchscreen quanto os comandos de voz através do Google Voice, ativado por um botão no volante multifuncional.

Se você usa Apple

Agora, se você é da turma da Maçã, o App-Connect também conta com o Apple Carplay, a tecnologia de espelhamento desenvolvida especialmente para os aparelhos da marca. Ela permite que você use a função de voz para trocar aquela ideia com a Siri e acessar recursos do telefone sem precisar tirar as mãos do volante ou os olhos do trânsito.

A conexão também é feita através da entrada USB: depois de configurado pela primeira vez, o espelhamento acontece em questão de segundos, sem qualquer complicação. Você pode realizar chamadas telefônicas, retornar ligações e ouvir, através dos alto-falantes do Novo Gol, as mensagens de voz recebidas. A mesma coisa ocorre com os SMS, que também podem ser respondidos pelo comando de voz.

O Apple CarPlay permite que você ouça todas as músicas e os podcasts armazenados no seu iPhone, além de controlar alguns aplicativos como Spotify, Stitcher, Overcast e Umano.

Para quem gosta de carros

Quem curte automóveis já deve conhecer bem a história do Gol: lançado em 1980, para substituir o Fusca, o modelo permaneceu 27 anos como o carro mais vendido do Brasil entre diversas gerações – desde o BX, refrigerado a ar, passando pelo “Gol Caixa” e o “Bolinha” na década de 90 até chegar a esta nova versão. Se a parte tecnológica impressiona, a Volkswagen deixa claro do que se trata o lançamento: forte como todo Gol, conectado como nenhum outro.

O Novo Gol está belíssimo! A Volkswagen adotou o que chama de “DNA mundial de design”: linhas mais modernas, mais precisas e com mais estilo. O carro teve alterações sutis na dianteira, mas que fazem uma grande diferença em relação ao modelo anterior. A traseira é completamente nova e lembra muito a do Polo europeu, mostrando o alinhamento da Volkswagen do Brasil com o padrão mundial.

Se a parte tecnológica impressiona, a Volkswagen deixa claro do que se trata o lançamento: forte como todo Gol, conectado como nenhum outro

Na parte de dentro, no entanto, é que se nota uma grande mudança: para acompanhar toda a tecnologia implementada, o painel foi completamente redesenhado, ganhando linhas mais horizontais e um ar mais requintado e adotando o conceito “driver oriented”, voltado para o motorista, que tem tudo para se sentir em um lugar de honra quando estiver dirigindo o Novo Gol.

As saídas de ar-condicionado também ganharam um formato mais angulado, e o painel de instrumentos tem iluminação de LEDs em branco. O já citado volante multifuncional fecha o pacote da repaginação interna do Novo Gol.

Na parte de motorização, a Volkswagen apostou na eficiência, com duas opções disponíveis. A primeira marca a estreia do premiado motor 1.0 Total Flex de três cilindros, o EA211, que oferece mais potência com menos consumo. Ele entrega 75 cv quando abastecido com gasolina e 82 cv com etanol e é considerado um dos mais eficientes em termos de desempenho e economia.

Para quem quer mais potência, a outra opção é o já consagrado 1.6 Total Flex. Podendo chegar aos 105 cv quando abastecido com etanol, o propulsor, que já é amplamente reconhecido por ser extremamente robusto e eficiente, recebeu algumas melhorias que aumentam ainda mais sua economia de combustível. Existe a possibilidade, inclusive, de combiná-lo à transmissão automatizada I-Motion.

A tecnologia também foi empregada na rodagem do veículo, que agora conta com “pneus verdes”, com baixa resistência ao rolamento. A Volkswagen fez um teste em que um Novo Gol era liberado em ponto morto a partir dos 70 km/h, e os resultados falam por si sós: os pneus verdes percorreram uma distância quase 40% maior que um modelo normal. Isso significa que, com a mesma energia, o espaço percorrido foi maior, garantindo uma economia maior de combustível.

Para quem gosta de dirigir

A Volkswagen fez questão de incluir novos itens de série para o Novo Gol, que vem em três versões: a Trendline, de entrada, traz os pacotes de infotainment mais básicos e pode vir com os motores 1.0 ou 1.6; a Comfortline também vem com duas opções de motorização e pode ser equipada com os sistemas “Composition Touch” ou “Discover Media”; a Highline, mais completa, é movida pelo motor 1.6, oferece controle de estabilidade e pode ser equipada com o “Discover Media”.

Apostando na receita de confiabilidade e eficiência que fizeram dele um grande sucesso, combinada a um novo pacote carregado de tecnologia e modernidade, o Novo Gol tem tudo que precisa para agradar quem busca conectividade, boa performance e um belíssimo design.

O que você achou do Novo Gol, apresentado pela Volksvagen? Comente no Fórum do TecMundo!