Mito ou Verdade: particionar o HD melhora a velocidade?

Você já deve ter ouvido falar disso por aí e sempre teve a curiosidade de saber se isso é verdade ou só mais um dos vários mitos que envolvem a informática. A equipe do Baixaki foi atrás e trouxe a resposta até você!

É muito comum encontrar computadores com discos rígidos de grande capacidade hoje em dia: 250 GB, 320 GB, 500 GB e até 1000 GB! Com tanto espaço assim, logo você terá muita coisa, o que provavelmente tornará seu sistema um pouco lento, necessitando de formatações e tudo mais.

É bem provável ainda que você já tenha ouvido falar ou então lido em fóruns de discussão na internet que particionar seu HD (ou seja, dividi-lo em várias partes) pode melhorar a velocidade do processamento de dados em sua máquina. Se você ainda tinha alguma dúvida, pode acabar com ela agora, pois isto é VERDADE. Particionar o disco rígido torna-o mais rápido sim e nós vamos explicar o porquê nas linhas abaixo.

Mas por que isso acontece?

Essa resposta é um tanto quanto simples. Um disco rígido com múltiplas partições acaba por diminuir o número de vezes em que ele é efetivamente solicitado, acessado e modificado, portanto, isso faz com o tempo de resposta de cada ação realizada seja também diminuído. É uma conta simples: você “utiliza menos” determinadas partições e elas passam a funcionar mais rapidamente.

Particionar seu disco facilitar o trabalho dele na hora de encontrar, gravar e apagar coisas!

Com um disco particionado, o tempo de “procura” que é feito no HD para gravar ou encontrar dados é diminuído, afinal, ela é feita em um espaço limitado pela partição, ou seja, não será preciso varrer o disco inteiro (com suas centenas de gigabytes) para encontrar ou gravar alguma informação. Por isso também ele tende a realizar tarefas mais rapidamente.

Outras vantagens do particionamento

Se em um primeiro momento o principal motivo que levaria alguém a particionar um disco é a otimização da velocidade com que trabalho o HD, existem ainda vários outros fatores que podem contribuir para um melhor aproveitamento de seu computador através da partição de discos.

Formatação sem perda de dados

Se você divide seu disco em várias partes, ao necessitar de uma formatação, não precisará mais perder dados ou então salvá-los em outros dispositivos e mídias. Vamos dar um exemplo: você possui um HD de 320 GB. Na partição C: está instalado seu sistema operacional, na D: está os arquivos que você mais usa e programas instalados, e a E: está relativamente vazia.

Para formatar seu disco sem perder dados ou mesmo necessitar reinstalar seu sistema operacional, você somente formatará a partição D:. Para não perder nenhum de seus arquivos, mova os que devem ser salvos para a partição E: e então siga adiante com a formatação, simples e sem perder nada.

Leia mais sobre formatação em:

Como formatar o Windows
Formatar o HD pode estragar o componente?

Organização de dados

Formatar seu HD também pode ter um sentido de organização de tudo que você possui. Ao fazer isso, você poderá reservar um espaço para o seu sistema operacional, outro para guardar arquivos multimídia (músicas, filmes, jogos, etc.), outro para a instalação de programas diversos e, por fim, um outro que funcionaria como uma “zona de escape”, para ser usado no caso de formatações. Desta forma seus arquivos estarão agrupados e organizados, facilitando sua utilização e até mesmo formatação.

Desfragmentar somente as partições necessárias

Desfragmentar seu disco é algo bastante importante e necessário e deve ser feito regularmente. Particionar o HD poderá tornar mais prático também a tarefa de desframentá-lo posteriormente, afinal, será possível desfragmentar apenas as partições que necessitam desta tarefa, e não o disco todo.

Além disso, você pode deixar um espaço em seu HD reservado para a desfragmentação, movendo arquivos para lá somente quando necessitarem deste processo. Isso tudo tende a tornar o desfragmentar algo mais ágil e simples, pois é claro para todos que desfragmentar 200 GB é bem mais rápido do que fazer o mesmo com 700 GB ou 1000 GB.

Leia mais sobre desfragmentação:

Desfragmentação de disco: por que fazer e como ocorre?
Como desfragmentar apenas alguns arquivos
Guia completo sobre desfragmentação de disco
Mito ou verdade: Desfragmentar muitas vezes o disco rígido pode estragá-lo?

Economia de espaço

Repartindo seu HD desta maneira permitirá a você selecionar sistemas de arquivos diferenciados (FAT32, NTFS) para diferentes tipos de arquivo armazenados em cada partição. Isso permite um melhor aproveitamento do espaço que você possui, otimizando a capacidade de seu HD.

Leia mais sobre sistemas de arquivos em FAT32 ou NTFS, qual o melhor?.

Múltiplos sistemas operacionais

Para quem gosta de testar sistemas operacionais, particionar o disco também é uma boa pedida. Desta forma você poderá usar uma distribuição Linux e uma versão do Windows simultaneamente (ou duas distribuições Linux, ou duas versões do Windows) em uma mesma máquina, sem que para isso tenha que desinstalar o SO que você usa convencionalmente.

Vários sistemas operacionais em uma única máquina

Assim, você divide seu HD em várias partes e poderá instalar sistemas operacionais diferentes, sem tem que investir um único centavo em compra de novos discos rígidos para isso. A única coisa que deverá fazer é selecionar qual sistema será usado na tela de boot e pronto. Muito simples e prático, não?

Criar e restaurar imagens

Você já deve conhecer arquivos de imagens (normalmente no formato ISO, mas também existentes em vários outros), que copiam uma pasta ou o conteúdo de um disco por completo em um único arquivo, facilitando seu compartilhamento ou a criação de cópias de segurança. Particionar seu disco também facilitará esse processo.

Normalmente os programas que criam imagens de discos inteiros não permitem que o destino do arquivo seja o mesmo local da fonte, logo, seria necessário um outro dispositivo (um pendrive ou um outro HD) para realizar este processo, certo? Errado! Se você divide seu disco rígido em várias partes, pode criar a imagem de uma partição e mandá-la diretamente para outra, sem problema nenhum.

Segurança

A grande maioria das pessoas instala o Windows no drive C: e os crackers (os hackers do mal) já estão carecas de saber disso. Isso quer dizer que quando alguém vai atacar uma máquina vai diretamente no C:, pois provavelmente o sistema operacional estará instalado lá. Para driblar os invasores virtuais, você pode instalar seu SO em outro drive, mas para isso precisará particionar seu disco rígido.

Obviamente esta medida não deixará você completamente livre de ataques de crackers, mas já causará um pouco mais de dificuldade para eles, o que pode significar a integridade de seus dados e a sua privacidade, portanto pense nesta opção com carinho.

E como eu particiono meu disco?

Você deve pensar que esse é um processo complicado, mas na verdade não o é! Qualquer um poderá fazê-lo em casa, sem nenhum problema ou complicação. Aqui no Baixaki existe uma série de artigos tratando especificamente de partições que serão de grande valia para essas horas.

Aprenda a criar partições em Como criar partições (clique para acessar), a alterar o tamanho das partições em Redimensionar partições do HD e também a como mover arquivos entre as partições no Windows XP no artigo Dicas do XP: como colocar seus arquivos em uma partição diferente.

Caros usuários, este foi mais um artigo da nossa série Mito ou Verdade, que pretende derrubar ou confirmar alguns dos vários boatos que envolvem a utilização de computadores e a internet. Não deixem de registrar suas opiniões em nossos comentários e nem de sugerir novos tópicos para esta seção. Um abraço e até a próxima!


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ


RELACIONADOS
COMENTÁRIOS
NOVAS
TOPO DA PÁGINAVER SITE COMPLETO