Como funcionam as asas de um avião [vídeo]

Imagens mostram exatamente como as correntes de ar e a posição das asas influenciam no voo.

Holger Babinsky é um professor da Universidade de Cambridge que cansou de ver todos pensando que os aviões decolam porque o caminho percorrido pela corrente de ar na parte de cima das asas é maior do que a de baixo. Por isso, criou um vídeo com menos de um minuto para explicar melhor o que acontece com as asas nas mudanças de altitude.

O que acontece é a inclinação da asa forçar a modificação da corrente de ar para um formato que cause mudanças de pressão nela – sendo a menor pressão na parte superior e a maior pressão na parte inferior. Nesse momento, estruturas próprias agem como velas (de barco) e utilizam o vento para direcionar a aeronave.

Em suma, a distância que o vento percorre é a mesma (nos dois lados), mas a curva do ar sobre a asa é diferente nas partes superior e inferior. E é a curva do ar que gera as diferenças de pressão necessárias para o voo.

[atualizado]

Na versão original deste texto, dissemos que eram os "flaps" que agiam como velas (aumentando ou diminuindo a resistência do ar), quando na verdade eles se deslocam para frente ou para trás para aumentar a curvatura do ar aplicado sobre as asas.


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ


RELACIONADOS
COMENTÁRIOS
NOVAS
TOPO DA PÁGINAVER SITE COMPLETO