28 serviços desnecessários do Windows que você pode desligar

Saiba como e quais serviços do sistema operacional da Microsoft podem ser desativados, liberando a CPU e a memória RAM para tarefas que realmente importam.

Uma das maiores críticas ao Windows é o carregamento desnecessário de uma infinidade de serviços e recursos – sobrecarregando o processador e a memória RAM. Com isso, a sua máquina leva mais tempo para inicializar, acaba perdendo em desempenho de processamento e se torna mais lenta com o tempo.

Todavia, você pode fazer com que muitas das ferramentas que não são essenciais para o correto funcionamento do sistema operacional sejam desativadas – sendo abertas somente quando necessário.

Neste artigo, nós vamos apresentar uma lista, criada pelo desenvolvedor e empresário Mark Sanborn, com alguns serviços que você pode interromper visando liberar a CPU e a memória RAM para tarefas que realmente interessam e que proporcionem uma melhor experiência.

Atenção!

As dicas que daremos a seguir poderão encerrar alguns recursos do Windows, ocasionando possíveis problemas na execução de softwares ou ferramentas específicas da plataforma. Por isso, realize as alterações somente naqueles serviços que você tem certeza que não afetarão a sua rotina.

Ampliar

Sugerimos também que você anote a configuração-padrão dos itens que pretende modificar. Assim, caso surja algum inconveniente, será possível reestabelecer as diretrizes originais do sistema com maior facilidade.

Como proceder

O primeiro passo é acessar o gerenciador de serviços do Windows. Para isso, clique no botão Iniciar, digite “services.msc” (sem aspas) no campo “Pesquisar programas e arquivos” e pressione a tecla Enter. Feito isso, uma janela denominada “Serviços” deve ser apresentada, contendo todos os recursos mantidos pelo sistema operacional.

Ampliar

Para mudar o tipo de inicialização dos serviços exibidos, basta você dar duplo clique sobre o item desejado. Na tela apresentada, clique na caixa de seleção “Tipo de inicialização” e escolha a configuração (“Automático”, “Desativado” ou “Manual”).

Serviços desnecessários

Confira abaixo a lista com o nome do serviço, uma breve descrição da sua função e com qual o tipo de inicialização ele deve permanecer.

AdobeLM Service

Atualizações automáticas

Gerenciamento de aplicativo

Serviços de criptografia

Coordenador de transações distribuídas

Serviço de Relatórios de Erros do Windows

Troca rápida de usuário

Serviço de Publicação FTP

Ajuda e suporte

Serviço de indexação

InstallDriver Table Manager

Agente de diretiva IPSEC

NVIDIA Display Driver Service

Spooler de Impressão

Serviço Agendador do Windows Media Center

Cartão inteligente

Serviço do Google Update

Brilho Adaptável

Assistente de aquisição de imagens do Windows (WIA)

ICS (Compartilhamento de Conexão com a Internet)

Central de segurança

Acesso a Dispositivo de Interface Humana

Registro Remoto

Windows Update

Roteamento e acesso remoto

Cópia de Sombra de Volume

Logon secundário

Parental Controls

Na publicação original de Mark Sanborn, existe mais uma infinidade de serviços que, dependendo das funcionalidades do Windows que você utiliza, também podem ser desabilitados. Todavia, nessa matéria, o autor não descreve a função dos serviços. É válido ressaltar que o texto está em inglês.


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ


RELACIONADOS

REXPOSTA
COMENTÁRIOS
NOVAS
TOPO DA PÁGINAVER SITE COMPLETO