Área 42: como construir a sua própria antena de TV digital [vídeo]

Um guia prático para ajudar você a embarcar na onda da TV Digital.

Algum tempo atrás, nós ensinamos você como construir uma antena de televisão digital utilizando apenas latinhas de refrigerante. Apesar de aquele modelo ser simples e eficiente, ele podia apresentar alguns problemas estruturais que impediam o seu posicionamento em locais abertos — onde a captação de sinal fosse melhor.

Esta semana, vamos aprender a construir um modelo maior, mais profissional e muito mais eficiente que o anterior. Dessa vez, nada de latinhas. Vamos utilizar materiais mais adequados e elaborar uma construção firme.

O grau de dificuldade desse projeto é de 3/10, e o custo total dos materiais utilizados ficou abaixo dos R$ 15. Logo a seguir, você pode conferir a lista completa com os componentes necessários.

Preparando os materiais

Para montar a nossa antena, vamos precisar dos seguintes itens:

Você também vai precisar de um conjunto de ferramentas para montar a antena, o que inclui  alicate, chave de fenda, martelo, fita isolante e algumas presilhas.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Preparando os componentes para a montagem

Vamos começar a montagem separando o fio de cobre. Precisamos de 8 partes iguais, com 42 centímetros de comprimento, e mais 2 partes maiores, com aproximadamente 60 centímetros cada.

Depois de cortar os fios do tamanho certo, é preciso desencapar todos. Essa é a parte que vai dar mais trabalho!

Depois de desencapar todos os fios, é necessário deixá-los uniformes, sem dobras. Como o cobre é relativamente fácil de trabalhar, isso não deverá ser um problema. Depois de finalizar esse processo, vamos pegar as 8 partes menores e dobrar ao meio, deixando um espaço pequeno no local da dobra — o suficiente para passar os parafusos que separamos no início. As pontas devem manter um espaço de 7 centímetros uma da outra. Repita esse processo para todas as 8 hastes de cobre.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Agora, pegamos a tábua de madeira grande e marcamos 4 pontos de cada lado, separados por 12 centímetros de distância cada um, e, entre os dois pares centrais, mais dois, posicionados um pouco mais ao centro da madeira. Em todos esses furos colocamos os parafusos com as arruelas de metal, mas ainda sem apertar muito.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

O passo seguinte é posicionar cada uma das hastes de cobre em formato de V nos parafusos, apontando para fora. Agora vem a parte que pode complicar um pouco: vamos prender as duas hastes maiores junto às menores. Veja como, na imagem a seguir:

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Com tudo posicionado, apertamos bem os parafusos para que as hastes tenham sustentação para manterem-se firmes no lugar. Outro passo importante: no lugar onde as hastes de cobre maiores se cruzam, é necessário isolar os pontos para que os metais não encostem um no outro (veja onde está marcado). Um pedaço de fita isolante deve servir.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Para completar a montagem, prendemos o balun na parte central, nos dois parafusos.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

O passo final é prender a base da antena. Colocamos a cantoneira em L presa na parte inferior e, posteriormente, a prendemos na tábua menor, bem no centro, de modo que o peso fique bem distribuído.

Testando a novidade

Cuidadosamente, ligamos o cabo coaxial na televisão. A maioria dos televisores possui duas entradas — uma para TV a cabo (CABLE) e outra para antena (AIR). Por questões de segurança, faça a conexão do cabo com o televisor desligado e preferencialmente fora da tomada. O passo seguinte é sintonizar os canais.

 

A antena surpreendeu: além de encontrar quase todos os canais de sinal aberto analógicos, ela ainda conseguiu captar muitos canais com o sinal digital, mesmo na região central de Curitiba, em um local repleto de prédios altos. Sem contar o clima chuvoso do dia dos testes.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Essa antena pode ser posicionada em locais abertos sem problemas. Sua durabilidade depende somente dos materiais utilizados na sua construção, ou seja, se você caprichou e manteve o conjunto firme e bem preso, pode prender ela no telhado de casa sem problemas.

O tempo médio para a construção desse projeto é de aproximadamente duas horas e o custo ficou muito abaixo de um produto comprado pronto, levando-se em conta que muitos dos materiais necessários foram reaproveitados de outros projetos.

Lembre-se de que, para conseguir captar o sinal digital, seu televisor deverá possuir um aparelho decodificador integrado ou externo, assim como sua cidade deve possuir uma rede de televisão que transmita esse sinal.

Caso você não possua esses dois itens, pode usar essa antena para captar os sinais analógicos comuns, já que a recepção da nossa antena é muito superior às famosas antenas “orelhas de coelho” (aquelas com duas hastes retas para cima).

Fonte: Popular Mechanics


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ


RELACIONADOS
COMENTÁRIOS
NOVAS
TOPO DA PÁGINAVER SITE COMPLETO