Apple divulga planos para seus US$ 98 bilhões

A empresa de Cupertino chegou à incrível marca financeira de quase 100 bilhões de dólares. Mas o que será que ela vai fazer com todo esse dinheiro?

Tim Cook vai usar US$ 45 bilhões para acalmar os ânimos dos investidores (Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Já não é segredo pra ninguém: a Apple tem mais dinheiro do que os Estados Unidos. No total, são 98 bilhões de dólares em caixa, o que significa um poder de negociação que nenhuma outra empresa no mundo possui. Hoje, Tim Cook (CEO da empresa) revelou quais são os planos da Apple para o dinheiro.

Como foi dito mais cedo, o que muitos esperavam era que a Apple anunciasse o pagamento aos dividendos – algo que não acontecia desde 1995 – e também a recompra de ações, o que seria vital para acalmar a pressão dos investidores. E a nota oficial divulgada por Tim Cook não vai muito além disso. No documento, Cook revela que usará US$ 45 bilhões do dinheiro para pagar os dividendos nos próximos três anos.

Isso significa que os acionistas terão lucro direto com a Apple – não precisando vender suas ações para isso. Os pagamentos terão início em julho deste ano e só terminarão em três anos, quando a cota inicial de US$ 45 bilhões estiver totalmente diluída entre os investidores. Foi divulgado que cada ação terá um pagamento de US$ 2,65 para cada três meses. Parece pouco, mas para quem possui muitas ações, o lucro será bem satisfatório.


RECOMENDAMOS PARA VOCÊ


RELACIONADOS
COMENTÁRIOS
NOVAS
TOPO DA PÁGINAVER SITE COMPLETO