Um registro de patente feito pela Apple deu indícios de que a empresa está trabalhando em um fone de ouvido que pode ajudar a medir os sinais vitais do usuário utilizando sensores fotopletismográficos. A descoberta foi feita pela equipe do site PatentlyApple.

Ao observar os registros, podemos perceber que a ideia por trás do produto seria incluir os sensores fotopletismográficos (ou sensores PPG, na sigla original) ao fone para que ele fique acoplado no tragus da orelha, permitindo o monitoramento cardíaco levando em consideração os dados coletados pelo PPG.

Para aqueles que já estão preocupados com o fato de o acessório não se aproximar tanto da orelha, a patente revela que o sensor seria colocado próximo à abertura de um dos lados do fone. Isso possibilitaria o contato entre ambas as partes, ainda mais se levarmos em consideração o selo que ficaria entre elas para permitir um encaixe melhor.

Nova patente da Apple

Também houve a menção de que um sensor desses seria capaz de obter informações sobre batimentos cardíacos, temperatura, consumo máximo de oxigênio, galvânica da pele, eletrocardiograma e a cardiografia de impedância.

Por fim, a Maçã também tem planos de colocar três microfones em uma configuração triangular para melhorar o cancelamento de ruídos em fones de ouvido que sejam lançados futuramente.

Vale lembrar que o registro de uma patente não significa necessariamente que a ideia contida nela chegará ao público um dia. Entretanto, caso ela tenha a chance de ver a luz do dia, certamente vai mudar um pouco mais o conceito de fones de ouvido.